Imagine que a Linda (Joana Santos) de "Amor Amor" se torna a melhor amiga de Nazaré (Carolina Loureiro), a personagem principal de "Nazaré"? Pois é precisamente isso que pode acontecer naquele que é um projeto de ficção inédito em Portugal e que já está a ser preparado pela SIC.

A contagem decrescente para o 30º aniversário da estação de Paço de Arcos começou e, quando faltam 30 semanas para a efeméride, a SIC revela uma das grandes novidades, que vai estrear-se ainda no primeiro semestre.

"É uma novela que será um super crossover da história da ficção da SIC. Vamos juntar no mesmo projeto personagens tão diversas como personagens de 'Amor, Amor', 'Nazaré', 'Terra Brava', 'Laços de Sangue'... vamos celebrar aquilo que de melhor a ficção da SIC teve no mesmo projeto. É um desafio colossal do ponto da produção, da organização, do critério da escolha e da forma como essas personagens vão interagir entre eles", começa por explicar Daniel Oliveira.

O diretor geral de Entretenimento do grupo Impresa revela ainda que as personagens desta trama poderão não ser apenas de novelas. "Há várias personagens icónicas que participaram em séries e sitcoms da SIC. Não quero dar exemplos concretos, mas a SIC teve desde 'Jornalistas' ao 'Médico de Família', ao 'Aqui Não Há Quem Viva'... há várias possibilidades, algumas estruturais e que podem fazer parte de todo o projeto, outras só uma parte e outras só uma participação especial, só como piscar de olho ao espectador e com o devido enquadramento sobre o porquê daquela pessoa estar ali", conta ainda.

Um crossover (momento em que personagens de dois projetos de ficção se juntam na mesma narrativa) já aconteceu na SIC, entre as novelas "Amor, Amor", "A Serra", "Terra Brava" e "Nazaré", mas sempre de forma pontual. Esta super novela será "um produto de longa duração", algo inédito na ficção nacional.

Saltos temporais, escrita preguiçosa e um casamento interrompido duas vezes. Assim foi o final de "Nazaré"
Saltos temporais, escrita preguiçosa e um casamento interrompido duas vezes. Assim foi o final de "Nazaré"
Ver artigo

"Além dessas personagens que as pessoas já conhecem, haverá outras que nos vão guiar por uma história paralela", explica Daniel Oliveira, revelando que as gravações começam "na primavera". A produção está a cargo da SP Televisão, casa onde são produzidas as novelas exibidas na antena da estação.

"É um desafio bastante estimulante, homenagearmos vários atores que trabalham connosco e ter várias participações especiais, de vários rostos da SIC, de personagens icónicas que podem fazer não fazer a temporada toda, podem só entrar em alguns episódios ou fazer uma participação especial", acrescenta o responsável da estação de Paço de Arcos.

Esta superprodução ainda vai demorar a ver a luz do dia mas, já para o mês de abril, está marcada a estreia de "Caixa Mágica", o novo programa de Fátima Lopes. A nova edição de "Ídolos", com Sara Matos aos comandos, também chega à antena da SIC no próximo mês.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.