A gala do "Big Brother Famosos" deste domingo, 9 de janeiro, foi palco de nomeações "bombásticas". Hugo Tabaco foi expulso, Jay Oliver sofreu uma nomeação direta e Liliana Almeida recebeu o trunfo da imunidade, concedido por Bruno de Carvalho.

Hugo Tabaco é o primeiro expulso do "Big Brother Famosos", com 75% dos votos
Hugo Tabaco é o primeiro expulso do "Big Brother Famosos", com 75% dos votos
Ver artigo

Durante a gala, todos os concorrentes tiveram de escolher o colega que consideravam ser o "menos protagonista" até então (sendo que Hugo Tabaco estava excluído das hipóteses). Assim, a decisão foi consensual: Jay Oliver. Sem saberem, os concorrentes estavam a atribuir uma nomeação direta ao cantor angolano.

A Jay Oliver juntam-se Nuno Homem de Sá, com dez votos, Leandro e Bruno de Carvalho, ambos com sete votos. Cada concorrente teve de nomear três colegas, ou no confessionário ou no cubo, com direito às tais surpresas "bombásticas", como votos duplos ou nulos, e ainda trocas.

Na prova do líder, agora "prova da presidência", participaram as quatro salvas da noite, Marta Gil, Catarina Siqueira, Jaciara e Liliana Almeida. De acordo com o "Big Brother", "porque tiveram uma semana demasiado tensa". A prova, disputada na arena, consistiu em colocar o maior número de molas da roupa na cara, sem as retirar até ordem contrária. Foi Catarina Siqueira quem saiu vencedora, tornando-se, assim, a presidente durante a próxima semana, e imune das nomeações.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.