Na tarde desta segunda-feira, 26 de outubro, Carina, Joana, Jéssica Fernandes e Michel reuniram-se no jardim da casa do "Big Brother - A Revolução" para contarem algumas histórias de vida uns aos outros. A nortenha revelou que já bateu com um pau num cliente, pensando mesmo que o tinha matado.

"Havia um gajo que foi à roulote, estava a 'passar-se da marmita', bebeu não sei quantos whiskys de shot. O Rui [companheiro de Carina] disse-me para ter calma, mas eu cruzei os braços e fiquei sempre a olhar para ele. Começou a sorrir para mim e detesto que gozem comigo", começou por contar.

Mas o cliente acabou por fazer um gesto insinuando que a concorrente do reality show da TVI "só tinha garganta". Foi nesse momento que Carina partiu para a violência. "Fui à carrinha buscar um pau com pregos espetados, que se prende à mão. Pego no pau, encosto-me a ele e dei-lhe. Ainda me disse que ia chamar as ciganas para me baterem. Foi-se embora e nunca mais voltou", afirmou.

"BB - Duplo Impacto". Noélia revela quanto quer para entrar no novo reality show da TVI
"BB - Duplo Impacto". Noélia revela quanto quer para entrar no novo reality show da TVI
Ver artigo

"Andei dias a pensar que tinha matado o gajo, porque o prego espetou-se mesmo aqui [apontando para a cabeça]. Não matei, graças a Deus, o 'morto-vivo' apareceu na roulote uns tempos depois. Cheguei à conclusão que é melhor ignorar os bêbedos porque depois perdes a razão", rematou.

Recorde-se que Carina trabalha no ramo da restauração, numa das roulottes da família do companheiro.

Veja aqui o momento.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.