Sandrina, ex-concorrente do "BB2020", esteve esta manhã de sexta-feira, 9 de outubro, no "Você na TV!" para falar sobre a redução mamária que fez. Pela primeira vez, a jovem, de 22 anos, mostrou em televisão o resultado final da cirurgia a que se submeteu há cerca de um mês, perdendo 1,2 quilos de peso mamário.

"Estava muito nervosa, não sabia ao que ia. Mas tinha muitas dores e a coluna já estava torta", começou por dizer Sandrina a Manuel Luís Goucha. Ainda assim, a alentejana sente-se "uma mulher nova". "Já me consigo ver ao espelho, gosto de me ver e deixei de ter dores nas costas", revelou, acrescentando que o peso das mamas causava-lhe dores.

Em estúdio, também esteve Maria Isabel, a mãe de Sandrina. "Ela não gostava do corpo dela, mas agora está muito bonita e mais confiante", disse Maria isabel sobre a nova forma física da filha.

Sandrina mamas
Sandrina perdeu, no total, 1,2 quilos de peso nas mamas

"Só daqui a seis meses é que vamos conseguir ver tudo direitinho, mas fizemos uma grande redução", começou por dizer Luísa Magalhães Ramos, médica cirurgiã plástica. "Removemos 1,2 quilos e imagine a quantidade da percentagem de massa corporal da Sandrina", explicando que a alentejana precisava desta intervenção por se tratar de um caso de hipertrofia mamária.

Pirata informático rouba a conta de Sandrina do "BB20" no Instagram e exige resgate
Pirata informático rouba a conta de Sandrina do "BB20" no Instagram e exige resgate
Ver artigo

"Fiz uma lipoaspiração e depois demos um jeitinho na parte abdominal e também no excesso de gordura nas costas", explicou Mariana Martins, médica cirurgiã plástica que também acompanhou toda a transformação da ex-concorrente do "Big Brother". "Também fizemos um contorno de toda a silhueta com o excesso de gordura que colhemos na lipoaspiração", acrescentou,  explicando que as intervenções foram feitas ao mesmo tempo da redução mamária.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.