A Airbnb está a desenvolver medidas mais restritivas para evitar a realização de festas e eventos de Ano Novo nos alojamentos disponíveis na sua plataforma, reforçando, assim, a política de proibição global de ajuntamentos nestes espaços, anunciada em agosto.

Um dos novos obstáculos relaciona-se com a avaliação dos hóspedes: aqueles que no seu historial não tenham avaliações positivas por parte dos anfitriões, não poderão fazer reservas de uma noite em alojamentos inteiros na noite de 31 de dezembro, explica o comunicado enviado às redacções.

Alugou um Airbnb? Esqueça as festas. Mesmo que seja em casa estão proibidas
Alugou um Airbnb? Esqueça as festas. Mesmo que seja em casa estão proibidas
Ver artigo

Há mais: as reservas locais de última hora serão também impedidas a quem não tenha avaliações positivas na plataforma, havendo também bloqueio de reservas dentro de um determinado raio. 

Os hóspedes que reúnam as condições para fazer as reservas, terão, no entanto, de garantir que não vão realizar nenhuma festa de Ano Novo no alojamento. Caso transgridam a regra sobre a realização deste tipo de eventos, serão denunciados pela plataforma.

 Também os anfitriões têm responsabilidades: estão a ser informados sobre como reduzir ainda mais o risco de festas não autorizadas — o que inclui "a atualização e comunicação proactiva das regras da casa aos hóspedes".

Por último, de forma a controlar e antecipar a eventual transgressão das regras, a Airbnb terá manterá um "centro de controlo virtual", que "terá agentes de segurança treinados disponíveis na véspera de Ano Novo."

Airbnb proibiu globalmente as festas e ajuntamentos

As medidas surgem na sequência da Airbnb ter decidido remover ou suspender mais de 800 anúncios em Espanha, numa acção contra aquilo a que se chamam "casas de festas", alojamentos que receberam reclamações ou violaram as políticas de festas e eventos não autorizados, proibidos na plataforma. Foram também bloqueadas mais de cinco mil tentativas de reservas por pessoas com menos de 25 anos e que tentaram ficar alojadas num espaço perto do local de residência.

Alugou um Airbnb? Esqueça as festas. Mesmo que seja em casa estão proibidas
Alugou um Airbnb? Esqueça as festas. Mesmo que seja em casa estão proibidas
Ver artigo

Em agosto de 2020, a Airbnb anunciou uma política de proibição global de festas e eventos. Já em 2019, havia começado a implementar medidas mais rigorosas, sobretudo nas conhecidas "casas de festas", que causavam frequentemente transtorno aos vizinhos. Foi também criada a linha de apoio ao bairro: a funcionar 24 horas, todos os dias, faz a ligação com os vizinhos dos alojamentos, de modo a que haja um maior controlo e cumprimento das regras. Será alargada a todo o mundo.

"A Airbnb continuará a impor a proibição de festas a grupos de qualquer dimensão, e tomará medidas contra hóspedes e anfitriões se forem recebidas queixas de vizinhos", termina a comunicado.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.