Inaugurado em 2007, o Heritage Avenida Liberdade Hotel fez renascer um edifício habitacional do século XVIII. A recuperação de edifícios históricos da cidade é, aliás, uma das missões do grupo Heritage. Mas nada como ir da teoria e prática e passar (literalmente) a porta deste hotel situado na avenida lisboeta que lhe dá o nome. O lobby mantém o balcão da Ervanária Hermética, loja que existia no rés-do-chão do edifício, e quase conseguimos imaginar que, no lugar do simpático staff que nos dá as boas vidas, está um apotecário atarefado entre unguentos, ervas medicinais e elixires vários.

Na renovação, liderada pelo arquiteto Miguel Câncio Martins, foi prioridade manter o máximo possível da estrutura original do edifício. E as marcas portuguesas não se ficam só pela arquitetura, estão também presentes na decoração, onde os azulejos azuis e brancos são reis e senhores.

No Heritage Avenida Liberdade Hotel há silêncio e poesia. Versos de Pessoa e António Gedeão nas escadas, nas portas dos elevadores, uma calmaria de sofás, madeiras e - pormenor muito importante - janelas daquelas que isolam mesmo a acústica- e que abafam o ruído da cidade atarefada. “O mundo não se fez para pensarmos nele, mas para olharmos para ele e estarmos de acordo”, verso de Fernando Pessoa nas escadas em caracol que nos conduzem a um mezanino e onde há um computador para se poder navegar na internet mas onde a vista sedutora das estantes repletas de livros faz apetecer viagens mais vagarosas.

Os quartos, com um clássico chão de madeira corrida e os tão portugueses azulejos azuis e brancos, tons quentes e decoração acolhedora convidam ao descanso e a um sono retemperante. E nos rés-do-chão, eis o segredo mais bem guardado do Heritage Avenida Liberdade Hotel: uma jet pool. É uma piscina? É um jacuzzi? É um dois em um e só dá vontade de mergulhar e ficar ali a deixar os jactos de água fazerem efeito nos músculos cansados do trabalho ou do passeio. Depois de, claro, passar pela sala de fitness e queimar umas calorias.

Eleito em 2019 um dos 25 hóteis mais românticos de Portugal, nos TripAdvisor's Travellers'Choice Awards, o hotel proporciona o que realmente se quer para uma escapadinha a dois: privacidade (o hotel tem apenas 42 quartos), serenidade e charme discreto.

O grupo Heritage (que conta com 5 unidades espalhadas pela cidade) faz parte da história de Lisboa. Fundado pela família Duarte Fernandes, que começou por abrir em 1954 o Hotel Lisboa Plaza, na zona do Parque Mayer, este grupo hoteleiro mantém-se até aos dias de hoje um negócio de família. As Janelas Verdes, Heritage Avenida Liberdade Hotel, Hotel Britania, Hotel Lisboa Plaza e Solar Do Castelo, o único que ainda permanece fechado nestes tempos incertos de pandemia da covid-19.

À exceção do Plaza, os hóteis do grupo Heritage têm um ponto em comum: devido ao número reduzido de quartos não têm restaurante mas existe um espaço onde, além do pequeno-almoço, é possível ir petiscando ao longo do dia. E com tanta oferta, seria um desperdício não aproveitar para almoçar ou jantar na zona. O Solar dos Presuntos, ex libris da cidade, fica ali mesmo ao virar da esquina. Se estiver numa onda mais saudável, há o vegetariano Jardim dos Sentidos. Caso se sinta intemporal, pode sempre ir ao clássico dos clássicos, o Gambrinus.

Reservas: no site do hotel ou avliberdade@heritage.pt

Morada: Av. da Liberdade 28, 1250-145 Lisboa

Contacto: (351) 213 404 040

Preço: a partir de 139 euros por noite em quarto duplo

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.