O verão pode ter acabado, mas a água azul turquesa que banha as ilhas Maldivas, Seychelles e Maurícias não. Por isso mesmo, a Emirates lançou preços especiais para quem ainda não arrumou por completo o fato de banho e está pronto para ficar estendido mais uns dias ao sol.

A campanha aplica-se a voos em classe económica e executiva, com preços a partir de 649€ e 2.999€ por pessoa, respetivamente, para reservas no mínimo de duas pessoas. Ambos os valores dizem respeito às tarifas de viagens a partir do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com direção a uma das ilhas paradisíacas. Mas atenção: para conseguir este valor único, terá de fazer a reserva da viagem até 16 de outubro, mesmo que queira ir meses mais tarde.

Salvar o planeta a descansar: 4 alojamentos para relaxar de consciência tranquila
Salvar o planeta a descansar: 4 alojamentos para relaxar de consciência tranquila
Ver artigo

Desde que compre os bilhetes até esta data, terá direito ao desconto para ir a uma das ilhas do oceano Índico, que pode usufruir entre 10 de outubro de 2021 e 30 de junho de 2022 — tanto dá para uma escapadinha de inverno, para planear já a passagem de ano ou para as férias de verão do próximo ano.

E a oferta da companhia aérea não fica por aqui: além de pagar apenas 649€ pelo voo, por somente 1€ pode alterar o seu lugar, caso viaje em classe económica e faça a reserva para até quatro passageiros. Para conseguir mudar o lugar por quase nada, tem de fazê-lo antes de concluir a reserva online do voo e até quatro dias antes da ida.

Para ir até às Maurícias, basta ter certificado digital de vacinação, enquanto que para entrar nas Seychelles tem de apresentar um teste PCR negativo feito nas 72 horas antes da partida, independentemente do estado de vacinação. Já nas Maldivas, é preciso apresentar ambas as garantias: teste negativo e certificado digital de vacinação. Todas as informações sobre os requisitos de viagem estão no site da Emirates.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.