A 22 de maio assinalou-se o 25.º aniversário da EXPO'98, criada para comemorar os 500 anos dos Descobrimentos portugueses. A MAGG esteve presente nas celebrações, que decorreram, entre outros locais, no Mélia Lisboa Oriente, o primeiro hotel a ser construído nesta zona que, desde então, acolhe milhares de turistas.

À data, o Mélia Lisboa Oriente era TRYP Lisboa Oriente. Abriu portas com algumas obras ainda a decorrer para receber a primeira delegação internacional da Exposição Internacional de Lisboa, que acolheu visitantes de todo o Mundo entre maio e setembro de 1998.

Vá de férias para Punta Cana ou Cabo Verde por menos de 799€ (já com voos e hotel). Espreite estes 6 pacotes
Vá de férias para Punta Cana ou Cabo Verde por menos de 799€ (já com voos e hotel). Espreite estes 6 pacotes
Ver artigo

"Estavam à procura de um operador que se disponibilizasse para construir aqui um hotel. Na altura, não tínhamos propriedade e percebemos que essa passada era um risco muito significativo. Nada disto estava construído", recorda Miguel Proença, CEO do grupo Hoti Hoteis, à qual pertence esta unidade.

"Alguns meses a seguir à EXPO'98 foram meses de alguma preocupação até começarmos a ver toda esta zona a florescer. Mas a  Hoti Hoteis quis assumir esse risco", continuou a explicar Miguel Proença à MAGG, adiantando que o hotel "seria uma parte do alojamento das delegações oficiais".

O Mélia Lisboa Oriente "surgiu com um determinado conjunto de requisitos em termos de área". Na altura, era um hotel três estrelas, com 117 apartamentos, "todos virados para a frente". "Para o Euro 2004, construímos mais 90 quartos do lado de trás. Hoje tem 206 quartos", adianta O CEO.

Em homenagem aos 25 anos do Parque das Nações, este hotel — agora quatro estrelas — acaba de lançar um almoço buffet temático, que começa este mês e dura até setembro. Intitulado "Gastronomia Expo’98 - Comidas do Mundo", acontece todas as quartas-feiras. 

Este almoço buffet terá sempre um menu característico de cada continente, para que quem o prova possa ser transportado além-fronteiras, numa experiência imersiva de sabores internacionais. Tem o custo de 19,90€ (sem bebidas incluídas), sendo que 1€ de cada refeição vendida reverte a favor da Fundação do Gil.

Esta organização sem fins lucrativos promove a saúde pediátrica e a reintegração social de crianças em risco e tem a mascote da EXPO'98 como símbolo. A famosa gota de água foi concebida pelo pintor António Modesto e pelo escultor Artur Moreira para simbolizar a vida nos oceanos e a defesa do ambiente.

Em simultâneo, surgiram, há 25 anos, nesta região da capital, espaços como o Oceanário de Lisboa (antigo Pavilhão dos Oceanos) e o Altice Arena (outrora Pavilhão da Utopia). Em 2021, foram concluídas as obras no Mélia Lisboa Oriente, que representaram um investimento de 3,5 milhões de euros.

Esta unidade hoteleira, que integra o grupo Hoti Hoteis e que tem o azul oceano como cor dominante, foi alvo de uma remodelação, modernização, transformação e até de um rebranding. Agora, cada um dos quartos conta com obras do pintor Diogo Navarro que remetem para a beleza e a ligação com o oceano.

O Mélia Lisboa Oriente é pet friendly e conta com um restaurante e um bar estilo bistrô e tapas. Há ginásio, ar condicionado e acesso gratuito à internet. Duas noites de 2 a 4 de junho (sexta-feira a domingo) para dois adultos num quarto com vista para o rio e com pequeno-almoço incluído ficariam por 455€, de acordo com a simulação que efetuámos.

Meliá Lisboa Oriente

Localização: Av. Dom João II, 1990-083 Lisboa
Contactos: (+351) 218 930 000

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.