Parece que ainda há meses começámos a planear as férias do verão e a ver os melhores hotéis para levar os miúdos. O novo complexo de piscinas do resort Ohai Nazaré foi uma sensação, bem como os alojamentos de turismo rural com espaços ao ar livre em abundância. O bem bom está quase a acabar, uma vez que os miúdos estão prestes a regressar às creches e às escolas, cujo ano letivo começa entre 14 a 17 de setembro — mas até lá tem tempo para fazer um remate final na diversão.

Regresso às aulas. 25 mochilas para os seus filhos brilharem no novo ano letivo
Regresso às aulas. 25 mochilas para os seus filhos brilharem no novo ano letivo
Ver artigo

Aproveitando o bom tempo que ainda se mantém, desde o Porto até Lisboa são várias as propostas para tornar o dia dos miúdos num dos mais inesquecíveis do verão e que vão fazer parte da partilha de experiências no recreio. 

É que nas férias não há muito mais para contar do que as praias e piscinas por onde andaram, por isso estas cinco sugestões vêm trazer mais memórias em família e fazer com que o regresso às aulas e o fim do verão nem custe.

1. Ir à Feira do Livro

Feira do Livro
Feira do Livro créditos: instagram

A 91.ª edição da Feira do Livro no Parque Eduardo VII, em Lisboa, começou 26 de agosto e prolonga-se até 12 de setembro. Na agenda estão programados vários momentos dedicados às crianças, como o concerto Bea Vilhena Jazz & Rock. É já na próxima sexta-feira, 3 de setembro, às 21h e vai acontecer no Espaço Infantil (Tenda BLX). A fechar o fim de semana, há um momento de leitura do livro "Eu quero mesmo aquele bolo!", de Simon Philip, a 5 de setembro às 11h30.

De biografias a ficção, 14 títulos para comprar na Feira do Livro (com desconto)
De biografias a ficção, 14 títulos para comprar na Feira do Livro (com desconto)
Ver artigo

A participação nas atividades não pode ser feita sem uma visita às várias bancas de livros, de modo a incentivar os mais novos a pegar num destes em vez de recorrerem ao tablet. Se ajudar a motivá-los, nada que um waffle da On The Wayffle não resolva. 

Também no Porto está a decorrer a Feira do Livro, entre os dias 27 de agosto e 12 de setembro, para os quais estão programados desde horas do conto, seguidas de oficinas criativas — como vai acontecer na próxima terça-feira, 7 de setembro, pelas 17h — até espetáculos para famílias e bebés, como o Herbarium, a 4 de setembro, às 11h, na sala de leitura infantojuvenil da biblioteca Municipal Almeida Garrett (requer inscrição prévia através do e-mail bmp@cm-porto.pt).

2. Concertos do Canal Panda

Panda
créditos: Sara Santos Silva/Festival Panda

"Taça, Chaleira, Colher, Colherão" e um batalhão de concertos que vão ter lugar no Estádio Municipal Mário Wilson, em Oeiras, a partir de sexta-feira, 3, até 5 de setembro. O Panda e os Caricas são um clássico cujas músicas os pais sabem de cor, mas nos concertos as crianças vão também poder ouvir outros hits do canal e tirar uma foto ao lado das personagens favoritas dos desenhos animados — desde o Coelho Simão, a Masha e o Urso até ao Noddy.

Abram alas à diversão para as crianças, mas antes os pais têm de abrir as carteiras para comprar os bilhetes. Estão disponíveis na  Bilheteira Online (BOL) e nos restantes locais habituais, e custam desde 17,50€. O valor do IVA pode ser reconvertido através do programa IVAucher.

3. Um milkshake colorido no The Therapist

Therapist
Therapist créditos: divulgação

Tudo é novo no The Therapist. O espaço, na rua Rodrigues de Faria, apenas a 800 metros daquele onde nasceu, e os milkshakes de verão coloridos. Contudo, as cores que vê não resultam de corantes, mas sim dos ingredientes naturais usados, logo, saudáveis. São, por isso, ideais para as crianças e para fazerem parte de uma tarde bem passada no Lx Factory, com uma pausa para um milkshake fresco numa tarde calor. Entre as opções há o de frutos vermelhos, feito com gelado de frutos vermelhos, banana, leite de arroz, blend berries do The Therapist e ainda topping de pepitas de cacau.

Este é para os que não dispensam fruta, mas também há um para os mais gulosos. É o banoffee, com gelado de banana, mais uns pedaços da mesma, manteiga de amendoim, caramelo de miso e leite de arroz.

Localização: Rua Rodrigues de Faria, 103, edifício H, loja 6 (Lx Factory)
Reservas: 913 648 993
Horário: de segunda-feira a domingo das 09h às 22h

4. Ir à maior exposição da Europa de modelos feitos com peças Lego

Exposição Lego
Exposição Lego créditos: facebook

Instalada no Centro de Congressos de Lisboa, a maior exposição da Europa de modelos feitos com peças Lego está pronta a ser visitada até 19 de setembro. É um mundo encantado da Lego para pais e filhos, que vão encontrar 100 construções feitas com mais de 5 milhões de peças da marca. Há edifícios em grande escala, figuras de tamanho real, modelos interativos e educativos e ainda a maior coleção de imagens 3D de Portugal.

As sessões disponíveis vão das 10h às 18h todos os dias até ao fim do evento e os bilhetes estão à venda no site do evento e na Fever. Custam desde 10€ por pessoa, mas também pode optar pela entrada familiar combo (exposição de peças Lego e 3D Trick Gallery), para dois adultos e duas a seis crianças, por 12€ por pessoa.

5. Passar o dia a saltar num trampolim

Up Up Park
Up Up Park créditos: Up Up Park

Já deve ter ouvido falar no Up Up Park. Caso não saiba do que falamos, explicamos: é o maior parque de trampolins em Portugal, com 80 trampolins para saltar de todas as formas e frios na barriga. É que os trampolins são enormes, seguros e depois de algumas horas a saltar nas camas de rede, quando pisar de novo o chão vai parecer que andou anos a levitar numa nave especial e já não se lembra como andar.

É isto que vai acontecer com os miúdos e também consigo, porque toda a família vai participar nesta aventura. Há até um pack criado para o efeito, válido para quatro pessoas (dois adultos e duas crianças) que durante uma hora vão poder saltar nos trampolins. O bilhete normal custa 12€ e o familiar tem um valor de 39,50€. Pode comprar online.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.