"Eu disse ado, a-ado! Cada um no seu quadrado! Ado, a-ado! Cada um no seu quadrado!". "Sou uma taça. Uma chaleira. Uma colher. Um colherão". "Panda Style. Podes rodopiar no chão. Panda Style. Não é preciso ser um sabichão".

Se tem crianças em casa, arriscamos a dizer que é quase impossível que não tenha lido o parágrafo anterior a cantar. São parte das letras dos principais sucessos da banda infantil Panda e os Caricas, nascida em maio de 2012, que desde aí se tornou um autêntico sucesso junto dos mais pequenos, com seis álbuns lançados e várias colectâneas e livros de atividades.

O projeto infantil tem 1,78 milhões de seguidores no canal de Youtube e, de acordo com a plataforma SocialBlade, entrou no top 10 de canais em Portugal, ultrapassando Widoh, um dos mais influentes youtubers nacionais.

Passei 8 horas a ver o canal Panda e o Ruca é egoísta e manipulador
Passei 8 horas a ver o canal Panda e o Ruca é egoísta e manipulador
Ver artigo

Mas, afinal, quem são os quatro elementos da banda que os nossos filhos adoram e nos levam até à exaustão a repetir as canções e coreografias, principalmente em tempos de quarentena? Sabemos que o quarteto, em personagem, responde pelos nomes de Clarinha, Pipa, Pedro e Matias, que enchem o Campo Pequeno com os seus espetáculos musicais e esgotam salas por todo o País na tour musical que fazem todos os anos em dezembro.

No entanto, e apesar do grupo ser o equivalente de um Brad Pitt ou uma Julia Roberts para os adultos, os atores que dão vida a estas personagens são bastante desconhecidos do grande público. Fomos à procura dos Caricas e, meus amigos, não foi fácil. Mas quando tudo falha, estão lá as redes sociais para nos salvar.

Foi no Instagram que descobrimos que Flora Miranda, que dá vida a Pipa, já foi concorrente de um conhecido programa de talentos, que o João Costa, a.k.a. Matias, é adepto do Futebol Clube do Porto, e que Isabel Carvalho, ou Clarinha, faz dobragens para séries infantis. Já a julgar pela página de Bernardo Gavina, o Pedro da banda, diríamos que o ator tem uma verdadeira paixão pela fotografia.

Foi também nesta popular rede social que descobrimos que o espírito de união que vemos na televisão passa para a vida real. Os quatro atores partilham várias fotografias onde surgem juntos, seja em trabalho ou lazer, e têm outros projetos em comum. Flora Miranda e Isabel Carvalho também participam juntas em peças de teatro para bebés, e esta última junta-se a Bernardo Gavina em dobragens de outras séries de animação.

A MAGG conseguiu falar com um dos "Caricas", que nos disse que nenhum deles fala fora da personagem, e, por isso, optaram por não prestar declarações. Fomos, no entanto, à procura de os conhecer melhor.

Isabel Carvalho — Clarinha

 Nasceu no Porto, em 1985, e estudou Teatro na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo. Tem uma vasta carreira enquanto atriz de teatro e já participou em dezenas de peças, como "Rei Lear" e "Sonho de Uma Noite de Verão", ambas de Shakespeare.
É um dos membros fundadores de uma companhia de teatro, a Teatro a Quatro", e também já teve experiência enquanto encenadora.

A atriz de 34 anos faz dobragens infantis desde 2005 e peças de teatro para bebés. Na sua página de Instagram, conseguimos também perceber que é apaixonada por livros e animais, e que gosta bastante de viajar — ou não tivesse sido Cuba um dos seus últimos destinos.

Flora Miranda — Pipa

Atriz, cantora e encenadora, Flora Miranda tem 36 anos, é natural de Barcelos e talvez seja a cara mais conhecida do quarteto, pelo menos para os fãs de programas de talentos. Isto porque Flora foi uma das concorrentes mais populares do programa "Operação Triunfo", em 2003, onde iniciou a sua carreira artística.

Depois do sucesso do programa, cantou a solo por todo o País e não só, chegando a subir ao palco em Nova Iorque, Estados Unidos, e Toronto, Canadá.

 Também é licenciada em Teatro, área que continua a conciliar com a música — é vocalista das bandas Fado em Trio e Fauna & Flora — e com as dobragens infantis.

Nas suas redes sociais, as imagens de viagens e momentos com os amigos são constantes, bem como várias alusões aos seus projetos profissionais.

Bernardo Gavina — Pedro

Natural de Matosinhos, Bernardo Gavina também é licenciado em Teatro, já trabalhou com Filipe Lá Féria e tem formação de violino e piano. Enquanto cantor, participou em vários álbuns infantis, mas faz também muitos trabalhos de locução para marcas bem conhecidas como Worten, Continente e Burger King.

caricas

Para além do seu trabalho no grupo dos Caricas, faz dobragens de séries infantis e integrou o elenco do filme "Verão Danado", de Pedro Cabeleira, em 2017.

No Instagram, Bernardo publica bastantes fotografias de viagens, e parece ter um olho artístico para a fotografia, com muitas imagens fora do comum.

João Costa — Matias

Depois de frequentar o curso de Teatro na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, João Costa colaborou com diversas companhias de teatro, entre elas  a Comédias do Minho, Mundo Razoável, Teatro a Quatro e Palmilha Dentada.

Cria conteúdo para a página de Instagram Camisola Nove, focada em futebol e, para além da banda do canal Panda, fez nascer o Pêssego em Calda, o seu primeiro projecto musical, que descreve na página oficial como "uma ode aos amigos e à família" e também "uma crítica à sociedade".

Tal como os colegas dos Caricas, João faz várias publicações nas redes sociais com os restantes elementos do quarteto, e tem um visual bastante diferente do de Matias, o que nos leva a acreditar que são poucas as crianças que o reconhecem. Também não se cansa de partilhar imagens de viagens, dos seus trabalhos profissionais e outras alusivas ao seu clube do coração, o Futebol Clube do Porto.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.