Tem até 22 de julho para agarrar uma oportunidade única. A Emirates está a oferecer uma visita ao At the Top no Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo, a quem viajar na companhia aérea com destino ao Dubai. A proposta é tentadora e pode ser o pretexto para realizar o sonho de conhecer a cidade dos Emirados Árabes Unidos, conhecida pelos luxos e pela imponência dos edifícios.

Mas não pode passar por pontos icónicos, como os centros comerciais do The Dubai Mall, o colorido jardim Dubai Miracle ou o Dubai Frame, sem antes subir ao edifício de 828 metros de altura e 160 andares, que recebe turistas curiosos e destemidos desde 2010. Além de ser o edifício mais alto do mundo, a estrutura é ainda famosa pelo facto de ter o recorde dos elevadores de dois andares mais rápidos (10 metros por segundo).

Farto de estar confinado? Veja as fotos da influencer Anita da Costa no Dubai
Farto de estar confinado? Veja as fotos da influencer Anita da Costa no Dubai
Ver artigo

O bilhete ao Burj Khalifa incluído na viagem da avião permite uma visita ao At the Top, o piso 124, com vista para o horizonte, no qual vai ficar a conhecer mais sobre a história do Dubai e do próprio Burj Khalifa. O melhor de tudo é que pode fazê-lo sem pagar nada, basta reservar o voo para o Dubai através da Emirates até 22 de julho. Para planear tudo com tempo, a viagem pode ser feita até 30 de setembro.

É que até lá é preciso escolher o hotel, mas se quiser já uma dica, deixamos o único hotel do mundo com sete estrelas Burj Al Arab — o mesmo que a apresentadora da TVI Cristina Ferreira conheceu na última viagem ao Dubai. Já se podem prever os luxos, desde os quartos que parecem um T3 em Lisboa aos pratos do restaurante SAL at Burj Al Arab Jumeirah.

Para aproveitar a oferta da Emirates, deve fazer a reserva de voo no site da companhia aérea e adicionar o código promocional TOP2021. A título de exemplo, uma viagem de ida e volta em classe Económica, com partida em Lisboa e destino ao Dubai, custa a partir de 499€.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.