Londres, Paris, Roma, Madrid. São tudo cidades encantadoras, mas Liubliana, apesar de ser menos conhecida, não fica atrás. A capital da Eslovénia, eleita Capital Europeia Verde em 2016, tem uma imensidão de locais incríveis para visitar, que vão muito além do Castelo, da Prešeren Square ou do Parque Tivoli. Se for a esta capital escolhida para a sua próxima viagem, aconselhamos que alugue um carro (ATET) e viaje por todo o país. Devido à sua pequena dimensão (Portugal pode ser pequeno, mas consegue ser 46 vezes maior do que a Eslovénia), pode ver outros sítios extraordinários como o lago Bled, a cidade medieval Kamnik ou o porto de Piran. Mas antes, falemos em voos...

Para viajar para esta capital não existem voos diretos, mas pode optar pela Lufthansa e AirFrance para fazer a viagem. Os preços variam consoante as estações do ano e a companhia aérea. Na Lufthansa, os preços em época alta andam entre os 317€ e os 447€ e em época baixa entre os 307€ e os 397€. Na AirFrance os valores na época alta podem estar ali entre os 264€ e os 723€, enquanto que em época baixa variam entre os 265€ e os 436€. Estes são valores previstos para ida e volta em estadias de cinco dias. Agora, vamos às recomendações.

#1 Metelkova, um dos "urban squat" com mais sucesso na Europa

Situado a 1,4 quilómetros da praça principal, este espaço tem vindo a tornar-se um centro de música e arte da região. Com mosaicos e paredes pintadas por artistas, este espaço consiste em sete edifícios que costumavam ser antigas barracas militares do exército austro-húngaro. Durante a tarde é a galeria e os estúdios de muitos artistas de rua, e à noite, zona de convívio com bares e discotecas. Com música ao vivo, este é um espaço de grande animação em qualquer dia da semana.

#2 Podpeško jezero, o lago dos pescadores e dos cisnes

Situado a pouco mais de 15 quilómetros do centro de Liubliana, este lago é de tamanho reduzido, mas em muitos aspetos é também de forma praticamente redonda. Um local ótimo para tomar um bom banho no verão ou só ver a paisagem no inverno. Com uma profundidade de 51 metros, o rio é alimentado a partir de sete fontes da floresta próxima. Para chegar a este local pode apanhar o autocarro 19B e sair na última estação. Cada bilhete de autocarro custa aproximadamente 1,20€.

#3 Nebotičnik, café com panorâmica da capital

Nebotičnik é um dos edifícios mais altos da cidade e é reconhecível assim que passeia pela rua principal. Enquanto toda a cidade tem prédios com quatro ou cinco andares, o que é um pouco incomum em capitais Europeias, este tem 11 e o último é uma cafetaria/restaurante com a melhor vista para a cidade. Aberto de domingo a quarta-feira das 9 à uma da manhã, e de quinta-feira a sábado das 9 às três da manhã.

Viagens. 10 coisas originais que não vêm nos guias que tem de fazer em Madrid
Viagens. 10 coisas originais que não vêm nos guias que tem de fazer em Madrid
Ver artigo

#4 MG+MSUM, Museu de arte contemporânea e moderna

Este museu é a junção de dois museus: Moderna Galeria e Muzej sodobne umetnosti Metelkova. Os dois tem como objetivo exibir o trabalho dos artistas do século XXI. Ambos têm exposição permanente e temporária, e estão abertos todos os dias, com exceção de segunda-feira, das 10 às 18 horas. A entrada para os dois museus custa 7,50€ por adulto ou 5€, se optar por visitar apenas um deles.

#5  Narodni Muzej Sloveniji, edifício do museu nacional e de história

O Museu Nacional da Eslovénia é a maior e mais antiga instituição do pais. Localizado na praça dos museus, foi construído em 1888 e é o primeiro edifício como museu erguido na Eslovénia. No primeiro piso há uma exposição permanente onde mostra o passado arqueológico, e no segundo piso um museu de história natural. As escadas que ligam estes dois museu são conhecidas por serem as mais bonitas do pais, onde esculturas de mulheres preenchem os corrimões.

#6 Centralna Postoja, um restaurante urban style

Um restaurante situado numa das ruas que vão dar à praça principal, o Centralna Postoja é também um dos espaços mais originais da cidade: as ementas são jornais e a carta de bebidas um bloco de notas. Tem um menu variado, onde pode escolher entre duas sopas em self-service, pratos como lasanha, hambúrguer, frango frito, entre outros. Têm também menu de pequeno-almoço por 2,50€. Aberto de segunda a quinta-feira, das 10 à uma da manhã, e sexta-feira e sábado das 10 às três da manhã.

#7 Narodna in Univerzitetna Knjižnica, biblioteca nacional

biblioteca nacional e universitária, criada entre 1936 e 1941, tem uma coleção de arquivo impressionante com manuscritos medievais e pinturas renascentistas. O arquiteto que a construiu, Jože Plečnik, é considerado o mais importante na Eslovénia, e todo o exterior como o interior são espaços que o vão deixar maravilhado. Os preços começam nos 3€.

#8 Celica Hostel, quartos com celas de antiga prisão

Um sitio único para passar a noite, diferente do normal e com imensas cores, o Hostel Celica renovou 20 celas de uma antiga prisão e transformou-as em quartos onde por uma noite os valores vão entre os 10€ e os 90€. Há também uma zona de café e pequeno-almoço das 7h30 às 10h30 (custa 4€).

#9 Stow Coffee Roasters, o especialista em café

Localizado dentro do museu da cidade, este café é conhecido pelo seu moderno edifício espelhado e pelo seu café. O Café Stow preocupa-se em servir vários tipos de café, que vêm de fazendas de todo o mundo. Para os que não são apreciadores de café, existem varias qualidades de chá, vinho, cerveja à pressão e, claro, alguns petiscos. Está aberto todos os dias, exceto segunda-feira, das 10 às 18 horas.

#10  Pokopališče Žale, cemitério de Liubliana

Criado no inicio de 1930, este cemitério teve a primeira capela mortuária da cidade. A sua entrada é marcada pelos arcos monumentais de dois andares que simbolicamente dividem o mundo dos vivos e dos mortos. Dentro deste cemitério existe uma série de capelas de modelos arquitetónicos diferentes, desde gregas, bizantinas a orientais.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.