Há uma nova aplicação, criada por dois portugueses, que permite traçar roteiros por Portugal e a ideia é que, durante a viagem, tire fotografias de cada lugar como se fosse um cromo para juntar à caderneta, neste caso chamada Framie. A aplicação já tem dezenas de roteiros formulados, caso não queria ter trabalho a personalizar o seu, sendo que depois só tem partir em busca dos cromos e fazer match entre a fotografia e os mais de 600 pontos turísticos integrados na app.

A ideia foi criada por Tiago Monteiro e António Lisboa, também responsáveis pela startup Get Match, e nasceu a propósito do mestrado de Empreendedorismo e Inovação Tecnológica, na Universidade do Porto, que ambos integraram. Mas, afinal, como é que tudo funciona? "Ao entrar na aplicação encontra-se uma série de pontos de interesse, que são aquilo a que chamamos de frames", começa por explicar Tiago Monteiro, co-criador da app, à MAGG.

A planear as próximas férias? Esta plataforma decide o destino por si (e procura o mais barato)
A planear as próximas férias? Esta plataforma decide o destino por si (e procura o mais barato)
Ver artigo

Pode agrupar os pontos de interesse e criar o próprio roteiro ou escolher um dos já feitos. Depois disso, é só seguir para a aventura. "Ao fazer a viagem, vou aos locais, tiro fotografias e o objetivo é colar, fazer um match, das fotografias às respetivas frames, como se fosse uma caderneta de cromos. Ou seja, a aventura ou roteiro é a caderneta e as fotos são os cromos", continua.

Framie
Framie créditos: divulgação

Quando os viajantes terminam os roteiros ficam com um logbook fotográfico, com cada frame da viagem por Portugal, que podem partilhar com mais utilizadores da plataforma ou simplesmente guardar para mais tarde ver os cromos desta caderneta de viagens.

"O objetivo é: das fotografias que tiro, posso selecionar uma, duas ou três para corresponder a essa frame e, no fim de completar a aventura, tenho sempre essas fotos associadas à frame. Ou seja, se quiser consultar a viagem que fiz em 2019 de dois dias em Lisboa, consigo ver as fotos que associei ao roteiro de forma automática", explica o co-criador.

A app Framie tem ainda um conceito gamificação que, leigos na matéria que somos, não percebemos em que se traduz, mas Tiago Monteiro explica de forma simples. "Ao usar a app, é como se fossemos ganhando pontos e níveis, como um jogo. Ou seja, por cada local que visitar, ganho um ponto, ou por cada match, ganho outros pontos. Vou subindo o ranking e posso comparar-me com outros amigos ou utilizadores", diz o co-fundador, acrescentando que o objetivo é incentivar os utilizadores a viajar mais e permitir que as descobertas dos viajantes inspirem mutuamente.

A app está disponível em vários idiomas e para ambos os sistemas: Android ou iOS. Ah, e é gratuita (só tem mesmo de poupar para a viagem).

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.