Depois de já ter sido mãe duas vezes, a chimpanzé de 28 anos Mahale voltou a dar à luz há uma semana, na passada terça-feira, 15 de novembro. "É um menino!", anunciou o jardim zoológico de Sedgwick County, em Wichita, a cidade mais populosa do estado americano do Kansas, nos Estados Unidos.

O parto não correu da melhor forma, pelo que os veterinários decidiram fazer uma cesariana de emergência em Mahale. Como resultado, mãe e filho ficaram separados durante dois dias, para que Mahale pudesse recuperar e para que o pequeno Kucheza recebesse oxigénio.

Estas 25 fotografias de cães e gatos a fazer asneiras vão animar o seu dia (e até há cocós com arco-íris)
Estas 25 fotografias de cães e gatos a fazer asneiras vão animar o seu dia (e até há cocós com arco-íris)
Ver artigo

Depois de publicar, na página de Facebook, o nascimento de Kucheza, este zoo continuou a fornecer atualizações aos seguidores, com fotografias, vídeos e algum texto. O vídeo do reencontro entre os dois chimpanzés, com menos de um minuto e publicado há quatro dias, já está quase a atingir os 400 mil gostos.

"O bebé não estava a respirar bem por conta própria, então ficou no hospital com a equipa veterinária até poder voltar a reunir-se com a mãe", esclareceram. No vídeo, captado pela câmara do zoo, é possível ver Kucheza numa manta azul. Mahale não se apercebe logo do que está a acontecer e parece nem ligar. Depois, intrigada, ganha noção — e o momento é tocante.

O pequeno primata levanta a mão e, de imediato, Mahale percebe que está perante o bebé e pega-o ao colo. Bem apertado contra o peito e envolvido nos braços da mãe, Kucheza recebe carícias que se podem assemelhar às nossas festinhas e beijinhos. Há milhares de internautas rendidos.

Veja o vídeo:

Ao entender o quão viral o vídeo ficou e ao testemunhar todas as reações, a equipa do zoo decidiu continuar a fornecer atualizações diárias acerca desta pequena família, como por exemplo o bebé a mamar. Pelo que é possível perceber, os dois são inseparáveis.

Kucheza, cujo nome significa "brincar" em suaíli, tem umas grandes orelhas e uns olhos encantadores — e já não sai de perto da mãe, que deve ter ficado em pânico quando, depois de parir, não soube da cria. O zoo tem aproveitado o alcance desta história para alertar para as formas como se podem proteger os chimpanzés, como por exemplo fazendo a reciclagem.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.