As matrículas para o próximo ano letivo vão ser renovadas de forma automática, com exceção dos alunos do 5.º, 7.º e 10.º ano, e em casos em que há mudança de escola. A decisão do ministério da Educação surge após um grande fluxo de acessos “associado a páginas conexas ao Portal das Matrículas que estiveram em baixo”, e ainda a “ataques informáticos de elevada complexidade, que estão a ser acompanhados pelo Centro Nacional de Cibersegurança, e que provocaram graves bloqueios no sistema", revela o ministério ao jornal "Expresso" esta terça-feira, 7 de julho.

O anúncio significa que os encarregados de educação que ainda não tentaram ou não conseguiram renovar a inscrição dos alunos, já não precisam de o fazer no Portal de Matrículas. Até ao momento, já estão "concluídas cerca de 70%" das matrículas e o ministério acredita que o novo sistema automático deverá "melhorar a acessibilidade da página, para quem tenha de efetuar a matrícula por essa via", indica a tutela num comunicado enviado às redações.

Se está com problemas em inscrever o seu filho no Portal das Matrículas experimente este truque
Se está com problemas em inscrever o seu filho no Portal das Matrículas experimente este truque
Ver artigo

Uma vez que apenas os encarregados de educação de estudantes que vão para o 5.º, 7.º ou 10.º anos ou que querem mudar de escola estão obrigados a fazer a matricula, o Portal de Matrículas vai estar muito menos sobrecarregado, devendo ser agora mais fácil de concluir o processo. De acordo com o prazo previsto, os pais têm ate 12 de julho para efetuar a renovação das matrículas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.