Desde que o Portal das Matrículas foi disponibilizado, as queixas dos encarregados de educação têm sido várias. As dificuldades reportadas são sempre as mesmas: a impossibilidade de aceder à plataforma para completar a matrícula numa altura em que o prazo para as inscrições termina a 12 de julho. O Ministério da Educação diz que os problemas têm que ver com um "fluxo extraordinário de acessos" que se intensificou a partir do final de junho, explica ao jornal "Público". Este problema tem levado a que a página fique inacessível precisamente durante a inscrição, invalidando todo o processo feito até então.

A tendência, espera-se, é que até ao fim do prazo os acesso vão sendo cada vez mais espaçados e o servidor consiga responder à sobrecarga. No entanto, há uma solução que pode agilizar todo o processo e que passa pela utilização de um leitor de cartões.

Este pode ser adquirido em qualquer loja de informática e vai permitir que o sistema leia todas as informações do seu Cartão de Cidadão para que não tenha de preencher todas os dados requeridos pelo formulário de inscrição.

Uso de máscara obrigatório e perguntas opcionais. Tudo o que vai mudar nos exames nacionais
Uso de máscara obrigatório e perguntas opcionais. Tudo o que vai mudar nos exames nacionais
Ver artigo

É neste passo que os utilizadores perdem a maior parte do tempo no Portal das Matrículas. A sugestão foi dada no portal "Contas Poupanças" que diz que o único requisito, além do leitor de cartões, é o código pessoal que acompanha a carta referente ao Cartão de Cidadão aquando da sua emissão.

É que uma vez detetado pelo sistema, o formulário é automaticamente preenchido com todos os dados dos educandos e os encarregados de educação só precisam de os validar. Ao todo, o processo feito desta forma demora apenas breve minutos e impede-o de perder todo o progresso caso um novo fluxo de acessos sobrecarregue o servidor da plataforma.

Apesar dos problemas, o Ministério da Educação garante ao mesmo jornal que, a 30 de junho, já tinham sido realizadas "quase na totalidade" as matrículas para as crianças que vão para o primeiro ano de escolaridade e 94% das matrículas para o pré-escolar.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.