Albert Uderzo nasceu em Fismes, França, e desde muito novo que mostrava que sabia desenhar. No seu percurso, e antes do início da II Guerra Mundial, passou no exame de admissão para a Escola de Engenharia Francesa, mas mais tarde trocou as ferramentas que o tornariam mecânico de aviões pelo lápis que o levou a desenhar a banda desenhada "Astérix", juntamente com com René Goscinny.

Uderzo morreu esta terça-feira, 24 de março, aos 92 anos, vítima de ataque cardíaco, confirmou a sua família. "Albert Uderzo morreu enquanto dormia na sua residência de Neuilly (nas proximidades de Paris) vítima de um ataque cardíaco, sem relação com o coronavírus. Estava muito cansado há várias semanas", disse Bernard de Choisy, genro de Albert Uderzo à agência AFP.

3 razões para visitar o Parc Astérix e fugir à confusão da Disneyland Paris
3 razões para visitar o Parc Astérix e fugir à confusão da Disneyland Paris
Ver artigo

O co-criador de uma das bandas desenhadas mais emblemáticas não foi uma das vítimas do COVID-19. Mas o herói principal que desenhou no papel, Astérix, enfrentou um vilão que faz parte desta família de vírus. Ainda mal se sabia o que estava por vir quando em 2017 foi publicada a história "Astérix e a Transitálica", onde aparece a personagem chamada Coronavírus. A história já não teve a participação de Uderzo, já que foi escrita por Jean-Yves Ferri e desenhada por Didier Conrad.

Esta é mais uma das aventuras de Astérix e Obélix, que vão à descoberta da Itália antiga (outra coincidência, uma vez que este é um dos países onde o COVID-19 atacou com maior expressão logo a seguir à China). Só que nesta história é organizada uma corrida de cavalos pelo senador Lactus Bifidus com o objetivo de abafar um crime de corrupção que tinha sido descoberto e ainda de provar que as estradas romanas eram de qualidade.

Claro que Astérix e Obélix tinham de entrar na corrida e, para isso, compram uma carroça de madeira e roubam dois cavalos aos romanos. Nesta corrida, além dos outros adversários, o Coronavírus é o inimigo que representa os romanos. Só que este acaba por desistir quando descobre que Bacillus, o co-piloto, tinha feito batota e é de imediato substituído por Júlio César que domina Itália e as suas Legiões.

COVID-19. Médico explica quanto tempo devemos correr na rua, quais os perigos e o que fazer após a corrida
COVID-19. Médico explica quanto tempo devemos correr na rua, quais os perigos e o que fazer após a corrida
Ver artigo

A história acaba com a derrota do Coronavírus, o mesmo desfecho que gostávamos que acontecesse com a pandemia que domina o mundo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.