María del Mar Galcerán tem 45 anos, é membro do Partido Popular (PP) desde os 18 e é a primeira deputada com síndrome de Down a integrar o parlamento regional de Valência e a segunda a exercer um cargo político em Espanha.

Durante anos, lutou para que as pessoas com deficiências sejam consideradas membros importantes da sociedade e para que estas tenham uma voz em questões políticas.

Da carreira política com mais de 20 anos ao trabalho como auxiliar de jardim de infância e às mensagens de ódio que recebe nas redes sociais, conheça cinco curiosidades sobre Mar Galcerán.

1. É a primeira deputada com síndrome de Down

6 coisas que não sabia sobre Gabriel Attal, o novo PM de França, que sofreu de bullying devido à sua orientação sexual
6 coisas que não sabia sobre Gabriel Attal, o novo PM de França, que sofreu de bullying devido à sua orientação sexual
Ver artigo

Mar Galcerán é a primeira deputada com síndrome de Down a integrar o parlamento regional de Valência, sendo a primeira pessoa com esta doença genética a chegar ao parlamento regional ou nacional. “É um enorme passo em frente e um exemplo de inclusão real. É uma ótima notícia e um reconhecimento do seu trabalho e das muitas iniciativas nas quais esteve envolvida. É um bom exemplo de que é possível”, avançou a Federação Espanhola de Síndrome de Down.

Além disso, é a segunda a exercer um cargo político em Espanha. A primeira foi Ángela Bachille, que em julho de 2013 se tornou vereadora da autarquia de Valladolid, no norte do país. A militante do PP é também, segundo a federação, a primeira na Europa a integrar um parlamento regional, um gesto “de verdadeira inclusão”.

2. Já foi auxiliar num jardim de infância

Mar Galcerán, antes de acompanhar Carlos Mazón, o líder do partido na campanha eleitoral, trabalhou como auxiliar de jardim de infância, área que estudou. A deputada, que foi criada na Comunidade Valenciana, uma região autónoma de Espanha, frequentou a Escola Altaviana de Hotelaria e Turismo, em Valência.

3. Tem uma carreira política com mais de 20 anos

Mar Galcerán é membro do Partido Popular desde os 18 anos, tendo começado por exercer funções como secretária da Área de Atendimento às Pessoas com Deficiência do Partido Popular da Comunidade Valenciana. Desde então, tem sido uma voz ativa na luta pela inclusão e pela igualdade de direitos.

Em 2010, começou a trabalhar nos departamentos de Assistência Social e de Igualdade de Políticas Inclusivas, e no Ministério de Saúde e Saúde Pública, tendo conciliado durante quatro anos estas funções com a presidência da associação Asindown.

Mar Galcerán, com 45 anos, foi o vigésimo nome nas listas populares das eleições regionais de Valência, tendo chegado ao cargo para substituir Ernesto Fernández Pardo, que se tornou presidente de uma instituição pública e não podia acumular essa função com a de deputado.

4. Foi presidente da associação Asindown

Esteve quatro anos à frente da Asindown, uma associação valenciana que ajuda famílias com crianças com síndrome de Down. Em 2017, em entrevista à Fundación Iberoamericana Down 21, a deputada explicou que o associativismo começou através do incentivo da sua mãe e que o seu dia de trabalho começava às 6 horas para que às 15 horas se pudesse dedicar à organização. "Antes de aceitar o cargo de presidente da Asindown, já estava envolvida no movimento associativo há muito tempo, pois a minha mãe sempre o tinha incutido", disse.

O seu objetivo enquanto presidente da associação era "continuar a luta pela normalização e inclusão das pessoas com síndrome de Down na sociedade com o apoio de que necessitam".

5. Recebe mensagens de ódio nas redes sociais

A deputada revelou aos meios de comunicação locais que tem recebido mensagens de ódio nas redes sociais. “Encontram-se todo o tipo de coisas nas redes sociais. Existem pessoas que me apoiam, mas também existe quem ache que não sou capaz. No entanto, essas pessoas não me conhecem nem sabem a minha formação”, disse, conforme escreve a "Sábado".

Mar Galcerán garante que encara este novo desafio como uma grande responsabilidade “pelos valencianos” e, “mais importante”, para os “que têm capacidades diferentes”.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.