Simon Dorante-Day tem 56 anos e desde 2016 que tem batalhado para provar que é filho de Carlos III, novo rei de Inglaterra, e Camilla Parker-Bowles, rainha consorte. Com a morte de Isabel II, Simon voltou a reclamar a legitimidade ao título real que, alegadamente, lhe é devido.

Assim, expressou vontade de escrever à rainha Isabel II, exigindo a realização de um teste de paternidade para comprovar a sua genealogia. Agora, após o funeral histórico da monarca, a 19 de setembro, o homem acredita que "é hora de o mundo ler" a carta que escreveu à mãe de Carlos III, disse à "7News".

"Mantive o conteúdo da carta confidencial até agora, mas com a morta dela [Isabel II] acho que é apropriado partilhar a minha última correspondência", avançou, acrescentando que ficou "desapontado" pelo facto de a monarca ter morrido sem responder à sua mensagem. "Essa janela de oportunidade fechou-se", frisou.

Na carta, explicou que se dirigia à rainha depois de ter exposto o caso à governadora de Queensland, na Austrália, onde residia. De seguida, afirmou que a sua aparência sofreu alterações durante a infância, devido a alguns procedimentos cirúrgicos por que passou. “Essas ações foram realizadas para ocultar a minha verdadeira identidade", garantiu Dorante-Day à mesma publicação.

Quem revelou ao homem que Carlos e Camilla seriam os seus pais biológicos foi a avó adotiva, na última visita que fizeram ao Reino Unido, em 1998. A avó de Simon saberia das suas raízes, uma vez que tanto esta como o avô "trabalharam para a família real".

Ao deixar explícito acreditar no facto de Isabel II ter "acompanhado os eventos até à data", pediu ajuda para "resolver este problema e acabar com este ataque global". Depois, concluiu: "Que Deus lhe dê forças para se chegar à frente".

Homem que garante ser filho de Carlos e Camilla quer teste de ADN para o provar. Mas terá ele direito ao trono?
Homem que garante ser filho de Carlos e Camilla quer teste de ADN para o provar. Mas terá ele direito ao trono?
Ver artigo

Ainda que Simon esteja convicto de que Carlos e Camilla são os seus pais biológicos, essa versão dos factos pode ter lacunas. Isto porque Simon nasceu em 1966 e Carlos e Camilla só se terão conhecido – oficialmente, pelo menos – em 1970, numa competição de polo, em Windsor. Três anos depois, em 1973, Camilla casou-se com Andrew Parker Bowles e só em 1980 é que Carlos começa o relacionamento com Diana, seguindo-se o casamento no ano seguinte.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.