Andres Valencia vive em San Diego, na Califórnia, e tem apenas 10 anos, mas o seu futuro na pintura está mais do que garantido. Já expôs numa das galerias mais conceituadas de Nova Iorque, a Chase Contemporary, já vendeu quadros a mais de 100 mil euros em Hong Kong e até já ganhou uma alcunha que seguramente lhe vai pesar o resto da vida artística — o Pequeno Picasso.

Andres começou a manifestar interesse pela pintura aos 4 anos. Nesta altura, os pais notaram que ele passava várias horas por dia a tentar replicar uma pintura de Retna, um artista contemporâneo mais conhecido pelo graffiti. “Eu trazia papel e ficava ali a tentar copiá-la, mas levei anos a conseguir acertar”, disse Andres ao "The New York Times".

Entretanto, parece que lhe corria algum sangue de empreendedor nas veias, já que começou a vender pinturas feitas com aguarela aos amigos da família por 20 dólares (20,48€). Entre os seus clientes estava Bernie Chase, dono de uma galeria de arte, que se ofereceu para pagar 100 dólares pelas pinturas do rapaz, sempre que visitasse a sua família. No entanto, Andres não se contentou com esse valor, aumentando-o para os 5 mil dólares (aproximadamente 5120€), preço que o amigo da família concordou em pagar, segundo o diário norte-americano.

Entretanto, Bernie Chase deu um passo que iria mudar para sempre a vida do rapaz. Ao entrar em contacto com Nick Korniloff, diretor da Art Miami, uma feira de arte nos Estados Unidos, pediu-lhe para expor o trabalho de Andres e esse gesto culminou numa onda de compradores de peso, como Sofia Vergara, Channing Tatum, Tommy Mottola, empresário da indústria discográfica, e a magnata Jessica Goldman Srebnick.

Criança de 7 anos abre o mealheiro e oferece todo o dinheiro às vítimas do furação: "Vocês precisam mais do que eu"
Criança de 7 anos abre o mealheiro e oferece todo o dinheiro às vítimas do furação: "Vocês precisam mais do que eu"
Ver artigo

Desde então, Andres nunca mais parou – nem os seus pais deixaram de investir na carreira do filho. Ao perceberem a onda de sucesso das pinturas surrealistas de Andres, contrataram publicists em Nova Iorque para ajudá-lo a tornar-se numa sensação no seio da pintura, o que tem dado resultados. Até agora, o rapaz arrecadou mais de 300 mil dólares (mais de 307.200€) com as vendas das suas obras de arte, tendo uma parte desse valor sido doada a instituições de caridade, segundo a mãe do mesmo.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.