Um turista norte-americano foi encontrado morto no Sandals Emerald Bay, um resort de luxo nas Bahamas. Este é o mesmo hotel onde três turistas da mesma nacionalidade também morreram no passado mês de maio.

Foi feita uma investigação que indicou que a vítima, que estaria na casa dos 70 anos, enfrentava problemas relacionados com a Covid-19 antes da sua morte, avança um porta-voz da Força Policial Real das Bahamas, citado pela "NBC News".

As autoridades revelaram ainda que o homem sentia falta de ar, algo sobre o qual já se havia queixado, e que, posteriormente, ao testar positivo para a Covid-19, foi aconselhado a manter-se em isolamento no seu quarto, até que acabou por morrer, diz a "CBS News".

Ezra Miller. De ator promissor às polémicas e crimes. Agora, é suspeito no desaparecimento de uma família
Ezra Miller. De ator promissor às polémicas e crimes. Agora, é suspeito no desaparecimento de uma família
Ver artigo

Embora seja este o resultado da investigação preliminar, a causa específica da morte ainda não é conhecida. Contudo, “espera-se que o corpo do falecido seja transportado para New Providence, onde uma autópsia será realizada para determinar a causa exata da morte”, disse a polícia em comunicado. As autoridades confirmaram ainda que não há suspeitas de que qualquer crime tenha ocorrido.

Esta é já a quarta morte que tem lugar no resort de luxo Sandals, em Exuma, nas Bahamas – às quais se soma uma hospitalização. No que às causas diz respeito, acabou por se determinar que as outras três mortes se deveram a asfixia por inalação de monóxido de carbono, que terá sido consequência de uma avaria no ar condicionado do estabelecimento.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.