"Surreal" é a palavra que Breanna Lockwood, 29 anos, utiliza para descrever todo o processo. Depois de muitas tentativas e de perceber que não conseguia engravidar, a mãe, Julie Loving, ofereceu-se para ser a sua barriga de aluguer.

Aos 51 anos, deu à luz a neta num hospital de Illinois, nos EUA, através de cesariana. O parto foi induzido dez dias antes, devido a problemas com o cordão umbilical, mas Briar Juliette Lockwood nasceu saudável. A 2 de novembro, Breanna e o marido, Aaron Lockwood, já tinham a primeira filha nos braços.

"Foi definitivamente um processo surreal. Todos os sentimentos vieram de uma só vez, ao ver a minha mãe passar por tudo e tudo o que ela fez por mim e continua a fazer.", afirma Breanna ao Good Morning America, citado pelo "ABC News". "Foi um dia muito emocionante, com muitas lágrimas, muitos momentos felizes e alguns momentos assustadores, mas os nossos médicos e equipa foram ótimos", acrescentou.

De acordo com a "ABC News", Breanna e Aaron começaram a tentar ter filhos logo após se casarem, em 2016. Depois de um ano de tentativas sem sucesso decidiram consultar um especialista de fertilidade. Dois anos após terem sido sujeitos a diferentes tratamentos, o médico sugeriu que tentassem recorrer a barriga de aluguer e que a procurassem entre a família ou amigos, isto porque uma barriga de aluguer nos Estados Unidos pode custar cerca de 84 mil euros. Foi assim que Julie Loving se ofereceu para ser ela a carregar a neta durante nove meses.

A gravidez foi sendo relatada através de publicações no Instagram, onde Breanna contou ainda tudo aquilo por que passou antes de ser mãe: "476 injeções, 64 colheitas de sangue , sete procedimentos cirúrgicos, três colheitas, 19 embriões congelados, oito transferências de embriões congelados, quatro transferências de embriões com falha, um aborto espontâneo, um aborto de gémeos, uma gravidez ectópica e lágrimas incontáveis".

"Partilhar esta aventura com minha mãe foi a experiência mais única e incrível que vivi. Barriga de aluguer é realmente o presente mais altruísta", escreveu Breanna na mesma publicação dizendo que a mãe é o exemplo de que se faz qualquer coisa por um filho.  "Se eu puder ser metade da mãe que ela é, sei que estou a fazer a coisa certa.", acrescentou.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.