"Sa·bá·ti·co. Relativo a uma interrupção temporária de determinada função ou atividade regular". Palavras relacionadas: sabática." Esta é a definição do dicionário Priberam para o que está prestes a chegar: uma Sabática nas Bahamas.

Para quem? Para aqueles que quiserem concorrer e agarrar a oportunidade promovida pela Airbnb e o Bahamas National Trust, uma Organização Não-Governamental (ONG) local que protege 32 parques nacionais nas Bahamas. A plataforma e a ONG estão à procura de cinco pessoas que queiram partir num avião rumo às Bahamas, país composto por mais de 700 ilhas, durante dois meses.

É por isso que a definição de sabático fala precisamente de uma interrupção, neste caso do seu emprego ou de outra atividade, para explorar a natureza e a cultura dos bahamianos.

Veja se corresponde ao perfil: uma das características inevitáveis é ser aventureiro, tem de ter mais de 18 anos, disponibilidade para estar nas Bahamas durante dois meses, ser capaz de falar um bom inglês conversacional e ainda ter vontade de trabalhar.

Sim, não pense que esta experiência consiste apenas em passear e aproveitar a água cristalina. Também, mas nesta sabática vai trabalhar com os bahamianos para trazer de volta a indústria que em tempos impulsionou a economia local e permitiu a sua autonomia e autossuficiência para preservar os recursos naturais. É que provavelmente já ouviu falar dos recifes de coral que caracterizam as Bahamas, que com o tempo foram perdendo vida.

É a pensar na comunidade e na sustentabilidade do arquipélago onde se vive da natureza, que surge então a Sabática nas Bahamas. "A parceria com a Airbnb é uma oportunidade incrível para ajudar a preservar ainda mais a nossa cultura e os nossos recursos e partilhar o nosso país diversificado e o modo de vida das Bahamas com o mundo", disse Eric Carey, Diretor Executivo do Bahamas National Trust, em comunicado de imprensa.

A experiência de dois meses começa a 1 de abril e prolonga-se até 31 de maio de 2020. Durante este período, vão ser três os destinos a visitar: Andros, Exumas e Eleuthera. Para já podem não lhe dizer nada ou nunca ter ouvido falar deles, mas se for um dos cinco selecionados, conhecerá estas ilhas de uma ponta à outra e tudo aquilo que foi feito para as preservar.

Em Andros vai poder estar lado a lado com a fotógrafa subaquática e de viagens, Katie Storr, para criar um programa de restauração de recifes de coral no North Marine Park, no Reino Unido.

Já em Exuma vai encontrar as típicas águas cristalinas das Bahamas e uma vida marinha impressionante. E além do que pode ver, vai poder fazer várias coisas. Uma delas é trabalhar com o mergulhador Andre Musgrove para replicar o ecossistema The Exuma Cays Land e Sea Park noutras águas afetadas por espécies invasoras.

No último destino, Eleuthera, pode aprender técnicas de propagação de árvores nativas e criar uma quinta de chá de arbustos. Aqui a experiência passa essencialmente pela agricultura, uma vez que vai aprender e trabalhar na agricultura tradicional de abacaxi e colher sal marinho.

Como se pode candidatar? Através de um formulário, airbnb.pt/sabbatical, até 18 de fevereiro. Antes de submeter leia as regras de participação — e confira se está motivado para aprender e com força de braços para trabalhar.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.