Um casal de idosos foi internado, com uma diferença de 24 horas, no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, depois de um teste positivo à COVID-19. Não terão resistido à agressividade da doença e morreram com a mesma diferença, um dia. O anúncio foi feito esta sexta-feira, 13 de novembro, pela Unidade Local de Saúde de Matosinhos que partilhou também, com a devida autorização da família, a última imagem do casal de mãos dadas — cada um na sua cama de hospital da Ala 0, onde estiveram internados.

"Sim, uma imagem vale mais do que mil palavras. Não precisando de legenda, poderia ser somente 'amor'. Entraram ambos positivos à COVID-19 no Hospital Pedro Hispano, com cerca de 24 horas de diferença e partiram com a mesma diferença", pode ler-se na publicação original da Unidade Local de Saúde de Matosinhos que entretanto já se tornou viral.

Pandemia e terceira idade: "Sentir-se solitário é o equivalente social a sentir dor física"
Pandemia e terceira idade: "Sentir-se solitário é o equivalente social a sentir dor física"
Ver artigo

"Mas porque, hoje, mais do que nunca, a humanização dos cuidados é muito importante, a Equipa da Ala O, onde estiveram internados, tudo fez para que partissem em paz, proporcionando-lhes o momento a que tinham direito com toda a calma, tranquilidade e serenidade", escreve a mesma entidade garantindo ainda que esse momento foi "partilhado com a família que também pôde estar presente com cada um" através da adoção de todas as medidas de segurança.

"Partilhamos a foto porque foi partilhada pela família e já é pública. Com ela queremos mostrar que nos preocupamos com cada um dos nossos utentes e com as suas famílias e estamos aqui perto de si, a cuidar", lê-se,

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.