António Costa está em isolamento profilático depois de um membro do seu gabinete ter recebido um teste positivo à COVID-19. A informação foi avançada esta quarta-feira, 30 de junho, pelo jornal "Expresso", que cita um comunicado enviado pelo gabinete do primeiro-ministro.

"Em virtude de ter estado em contacto com um membro do gabinete que veio a ser um caso confirmado positivo à COVID-19, e não obstante já ter as duas doses da vacina há mais de mês e meio e ter cumprido as regras de distanciamento físico e uso de máscara, o primeiro-ministro está a cumprir um período de confinamento profilático determinado pelas autoridades de saúde", lê-se.

Posso sair e entrar de Lisboa para ir trabalhar? E para ir ao hospital? As exceções às restrições da AML
Posso sair e entrar de Lisboa para ir trabalhar? E para ir ao hospital? As exceções às restrições da AML
Ver artigo

Nesta fase, sabe-se que António Costa já foi sujeito a um teste de despiste que acusou negativo e que, atualmente, "está sem quaisquer sintomas" a registar. Apesar disso, o primeiro-ministro vai continuar em isolamento e toda a sua "atividade executiva" será mantida à distância.

A notícia surge na mesma semana em que Costa já tinha sido sujeito a um novo teste — que acusou negativo — depois de ter estado em contacto com Xavier Bettel, primeiro-ministro luxemburguês, que está agora infetado com a doença.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.