Após ter sido decretado luto nacional devido à morte de Jorge Sampaio, apenas CDU (PCP/PEV) e Chega decidiram manter as suas pré-campanhas para as eleições autárquicas numa altura em que PS, PSD, CDS, PAN e Iniciativa Liberal as suspenderam por completo até segunda-feira, 13 de setembro.

A iniciativa do Bloco de Esquerda (BE) que aconteceu na sexta-feira, 10, foi transformada numa homenagem ao antigo presidente da República, com Catarina Martins, líder do partido, a fazer saber que o BE iria cancelar os dois dias seguintes da campanha — referindo-se a sábado e domingo, 11 e 12, respetivamente.

"Um homem bom e um português de exceção". As últimas homenagens a Jorge Sampaio, que "amou Portugal"
"Um homem bom e um português de exceção". As últimas homenagens a Jorge Sampaio, que "amou Portugal"
Ver artigo

A CDU garantiu que iria adequar a "sua ação eleitoral ao momento", para ressalvar a "sobriedade de o respeito que a Jorge Sampaio é devido", numa comunicado oficial enviado ao "Correio da Manhã".

Já André Ventura, líder do Chega, cancelou apenas a agenda prevista para sexta-feira, o dia em que foi comunicada a morte de Jorge Sampaio, "de forma a homenagear e reconhecer" a importância do antigo presidente da República, esclareceu ao mesmo jornal.

O período oficial das campanhas para as eleições autárquicas decorre a partir da próxima terça-feira, 14, terminando a 24 de setembro — dois dias antes de os portugueses se deslocarem até às urnas.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.