Passaram dois dias desde que foi divulgada a entrevista do artista Fernando ao podcast Posto Emissor, da "Blitz", em que criticou a música portuguesa ao dizer que não tem "dignidade" e que "é uma coisa para atrasados mentais". Não tardaram as reações a julgar a voz de "Tourada", que, entretanto, já veio fazer um "pedido de desculpa" — ou mais do que isso.

"Mais do que um pedido de desculpa, quero que este meu erro me leve a construir pontes e a potenciar o diálogo com os meus colegas de profissão. Todos, sem exceção", disse num comunicado publicado na rede social Instagram. Fernando Tordo começou a publicação a dizer que "um mau momento tem que dar origem a algo construtivo", que surge após se ter apercebido da "injustiça" que foram as palavras ditas na entrevista.

Pedro Ribeiro critica Fernando Tordo. Cantor diz que música portuguesa "não tem qualquer dignidade"
Pedro Ribeiro critica Fernando Tordo. Cantor diz que música portuguesa "não tem qualquer dignidade"
Ver artigo

"Apercebi-me da injustiça que as minhas palavras foram para todo um universo de colegas que, tal como eu, trabalham diariamente para levar o seu melhor aos palcos e rádios deste país, principalmente nesta fase tão complicada para todo o setor cultural", pode ler-se.

Para remediar o erro, como o próprio reconhece, Fernando Tordo anuncia que nas próximas semanas vai mostrar trabalhos de artistas emergentes.

"Semanalmente, vou dar a conhecer as novidades de lançamentos de novos discos ou singles, sugestões de concertos ou eventos culturais, novos projetos e artistas emergentes. Gostaria também de poder contar com a vossa ajuda. Para o efeito, nos próximos dias, vou disponibilizar um e-mail para me enviarem as vossas sugestões. Ouvir e dar a conhecer novos projetos, de tantos que emergem no nosso país, passa agora também a ser a minha missão", escreve na publicação.

Dentro do próprio post, foram várias as celebridades que comentaram. Ao contrário de Tânia Ribas de Oliveira, Fábia Rebordão e do artista Legendary Tigerman que louvaram a atitude, o apresentador José Carlos Malato critica-a no sentido em que considera que Fernando Tordo deveria ter mantido a opinião e não fazer um pedido de desculpa.

"A censura e o politicamente correto é fodi**o", escreveu o apresentador da RTP1, que continuou a demonstra a sua opinião num segundo comentário. "Encostarem-te à parede em vez de refletirem. É o triunfo dos porcos. Ignorantes. Sem talento". Ambos os comentários foram alvo de críticas por outros cibernautas. "Ó Malato, o Tordo esteve tão bem mas tão bem que não merecia um comentário tão parvo da tua parte", pode ler-se num deles.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.