A próxima fase de desconfinamento estava prevista entrar em vigor na segunda-feira, 14 de junho, mas o governo português resolveu antecipar o alívio de restrições em três dias. Assim, a partir da meia-noite desta sexta-feira, 11, há novas regras para o País, exceto para os quatro concelhos que não avançam no plano de desconfinamento: Lisboa, Braga, Odemira ou Vale de Cambra.

Saiu às 18h? Coloque o telemóvel em modo voo e desligue — mesmo em teletrabalho
Saiu às 18h? Coloque o telemóvel em modo voo e desligue — mesmo em teletrabalho
Ver artigo

No entanto, se residir fora destes quatro concelhos — cuja situação será reavaliada a 28 de junho —, há mudanças a reter, como jantar num restaurante até mais tarde ou ver um espetáculo a horas mais comuns (e não a começar às 19h, por exemplo).

No entanto, e principalmente para quem está de férias e desejoso de um passo de dança, as discotecas permanecem fechadas, não existindo ainda uma data para os estabelecimentos noturnos poderem voltar a abrir portas.

Veja o que muda já a partir desta sexta-feira, 11.

  • Teletrabalho recomendado nas atividades que o permitam;
  • Restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de seis pessoas no interior ou dez pessoas em esplanadas) até à meia-noite para admissão e 1h00 para encerramento;
  • Comércio com horário do respetivo licenciamento;
  • Transportes públicos com lotação de dois terços ou com a totalidade da lotação nos transportes que funcionem exclusivamente com lugares sentados;
  • Espetáculos culturais até à meia-noite;
  • Salas de espetáculos com lotação a 50%;
  • Eventos culturais fora das salas de espetáculo, com lugares marcados e com regras a definir pela DGS.
  • Escalões de formação e modalidades amadoras com lugares marcados e regras de acesso definidas pela DGS;
  • Recintos desportivos com 33% da lotação;
  • Fora de recintos aplicam-se regras a definir pela DGS.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.