Marcelo Rebelo de Sousa está em isolamento, depois de ter testado positivo à COVID-19 esta segunda-feira. O presidente da República e candidato às presidenciais aguarda agora o resultado do segundo teste. "O Presidente da República já respondeu ao inquérito epidemiológico do Delegado de Saúde e fez um novo teste PCR, realizado pelo INEM, cujo resultado deverá ser conhecido dentro de algumas horas", lê-se no site oficial da presidência da República. 

Está marcado para esta terça-feira, 12 de janeiro, o debate com os sete candidatos a Belém, a ser transmitido na RTP1. Com o resultado positivo de Marcelo, ficam dúvidas quanto aos moldes do debate e se será possível incluir ou não o presidente que se recandidata ao cargo, através de uma videoconferência.
De acordo com o "Expresso", Marcelo poderá mesmo não marcar presença pelo facto de estar a cumprir isolamento no Palácio de Belém, residência oficial, o que pode criar confusões quanto ao seu estatuto de candidato. Entretanto, a MAGG já questionou a RTP e está a aguardar resposta. 

O resultado surge em plena campanha eleitoral e a 12 dias das eleições. Surge também depois de vários debates televisivos, em que o atual presidente contactou com diversos candidatos a Belém, tendo também recebido uma comitiva do PSD, que contou com a presença de Salvador Malheiro, autarca de Ovar, que também está infetado.

António Costa já reagiu ao teste, depois de contactar por telefone com o presidente. "Tomei conhecimento do teste Covid-19 positivo do Presidente da República. Já falámos ao telefone esta noite, pois quis inteirar-me do seu estado de saúde. Manteremos o contacto permanente e desejo-lhe votos sinceros de rápida e completa recuperação."

Ventura em isolamento profilático. João Ferreira cancela agenda

O candidato do Chega colocou-se em "em isolamento profilático por segurança", aguardando por um teste, na sequência do debate presidencial com Marcelo Rebelo de Sousa, que aconteceu na semana passada, na SIC.

"No seguimento das notícias do teste positivo de Marcelo Rebelo de Sousa e após o contacto mantido com este, decidi ficar em isolamento profilático e entrar em contacto imediato com as autoridades de saúde para a realização do teste covid-19, cancelando todas as iniciativas até ter resultado do teste ou indicação contrária da Direção-Geral da Saúde", disse à agência Lusa.

João Ferreira, candidato apoiado pelo Partido Comunista, não está em isolamento, mas devido ao resultado positivo de Marcelo Rebelo de Sousa, com quem debateu em televisão a 4 de janeiro, cancelou as suas acções de campanha, agendadas para esta terça-feira, 12 de janeiro, em que tinha previsto um encontro com Isabel Moreira, deputada do PS, e ainda com a população de Almada.

Deseja ao presidente uma "pronta recuperação", dizendo ainda que está  "absolutamente tranquilo" em relação ao resultado positivo.

Marisa Matias, candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda, a ex-eurodeputada Ana Gomes e Tiago Mayan, da Iniciativa Liberal, também  já reagiram à notícia, avançando pormenores sobre o plano a concretizar.

"Tomei conhecimento do teste Covid19 positivo do Presidente da República. Já falámos ao telefone esta noite, pois quis inteirar-me do seu estado de saúde. Manteremos o contacto permanente e desejo-lhe votos sinceros de rápida e completa recuperação", começou por escrever Ana Gomes, que na segunda-feira, 11 de janeiro, marcou presença no programa da TVI "Goucha", onde também André Ventura esteve, na semana passada. 

Poucos minutos depois, a ex-eurodeputada diz estar a aguardar contactos da autoridade de saúde: "Acabo de ter contacto de Casa Civil PR. Amanhã serei contactada por autoridades saúde. Seguirei obviamente recomendações que me fizerem. Seguirei online reunião Infarmed. Ignoro se debate RTP com todos candidatos será mantido. Sinto-me muito bem."

Marisa Matias avançou na mesma noite que não configurava contacto de risco: "Contactei esta noite a linha SNS24, que não considerou existir contacto de risco. A última vez que estive com Marcelo Rebelo de Sousa foi no debate de dia 2. Fiz hoje mesmo um teste à COVID-19, que estava previsto no âmbito da atividade eleitoral, aguardando o resultado."

De seguida, lamentou a situação, desejando-lhe as rápidas melhoras: "Contactei agora Marcelo Rebelo de Sousa, lamentando que tenha testado positivo à Covid-19. Desejo-lhe as melhoras e faço votos de rápida recuperação."

 Tiago Mayan e Tino de Rans seguem também com a campanha presidencial. "Já falei com a SNS24 e, como não sou contacto de risco, posso continuar a campanha, com cuidados", disse o candidato do RIR (Reagir, Incluir e Reciclar) à agência Lusa, acrescentando que, assim que possível, vai de qualquer forma "pedir para fazer um teste de deteção da presença do novo coronavírus."
O candidato apoiado pela Iniciativa Liberal desejou as melhoras ao presidente: "Espero que Marcelo Rebelo de Sousa não venha a desenvolver quaisquer sintomas, desejando-lhe uma rápida e forte recuperação".

Já na quarta-feira, 6 de janeiro, Marcelo Rebelo de Sousa esteve em isolamento na sequência do contacto com Paulo Magalhães, assessor que deu positivo à COVID-19. No entanto, segundo as autoridades de saúde, não seria necessário cumprir o isolamento, pelo contacto ter sido classificado como baixo risco. Nesse dia, o atual presidente debateu com André Ventura na SIC.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.