Marcelo Rebelo de Sousa está infetado com a doença da COVID-19. O anúncio foi feito esta segunda-feira, 11 de janeiro, através de uma nota oficial divulgada na plataforma oficial da Presidência da República. Até ao momento, o presidente não regista quaisquer sintomas.

"Tendo o Presidente da República testado negativo ontem, e apesar do teste antigénio de hoje ser negativo, soube-se agora, às 21h40, que o teste PCR deu positivo", lê-se na nota oficial.

Confinamento entra em vigor na quinta-feira, mas portugueses podem ir às urnas
Confinamento entra em vigor na quinta-feira, mas portugueses podem ir às urnas
Ver artigo

E continua: "O Presidente da República, que está assintomático, comunicou ao Presidente da Assembleia da República, ao Primeiro-Ministro e à Ministra da Saúde e, encontrando-se a trabalhar em Belém, aí ficou e ficará em isolamento profilático na zona residencial, aguardando o inquérito epidemiológico."

Enquanto aguarda pelo inquérito realizado pelas autoridades de saúde, Marcelo Rebelo de Sousa cancelou toda a sua agenda para os próximos dias, "a começar com sessão a com os peritos no Infarmed e a audição dos Partidos Políticos previstas para amanhã [terça-feira, 12 de janeiro]." Será no decorrer dessa reunião que o governo se preparará para decretar um novo confinamento geral no País.

O diagnóstico positivo surge cinco dias depois de o presidente ter estado em contacto com um elemento da sua Casa Cívil que fora infetado. Na altura, Marcelo esteve em isolamento profilático até ser considerado um contacto de baixo risco pelas autoridades de saúde.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.