Depois de Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, ter-se referido ao uso das máscaras nas escolas como uma prática recomendada, a Direção-Geral da Saúde (DGS) esclarece agora o uso da máscara é obrigatório nas escolas, inclusive durante o período do recreio.

O esclarecimento, feito esta sexta-feira, 10 de setembro, remete para o Referencial das Escolas que fora publicado a 31 de agosto e que fez saber, na altura, que a máscara é para ser usada "em todos os momentos" nos "espaços dos estabelecimentos de educação ou ensino" a partir do 2.º ciclo de escolaridade.

Uso obrigatório de máscara na rua termina domingo – mas há uma exceção. Saiba tudo
Uso obrigatório de máscara na rua termina domingo – mas há uma exceção. Saiba tudo
Ver artigo

Isto significa que em todos estes estabelecimentos de ensino, tanto professores como alunos, encarregados e educação e funcionários estão obrigados a usar máscara.

A medida em questão está concordância com aquela que foi a Orientação 005/2021 no que toca ao uso das máscaras.

Ou seja, a medida prevê que qualquer pessoa deve, a partir dos 10 anos de idade, "utilizar máscara comunitária certificada ou máscara cirúrgica", ainda que "nos estabelecimentos de ensino, esta medida" se aplique apenas "a partir do 2.º ciclo do ensino básico, independentemente da idade dos alunos", escreve a agência Lusa, citada pelo jornal "Observador".

O uso de máscaras em crianças com menos de 5 anos não está recomendada.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.