Adelaide João morreu na madrugada desta quarta-feira, 3 de fevereiro, na Casa do Artista, em Lisboa, onde residia, afirmou à agência Lusa fonte da instituição.  A atriz de 99 anos estava infetada com o vírus SARS-CoV-2 responsável pela Covid-19, avança o "Público".

Maria da Glória Pereira Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Adelaide João, nasceu em Lisboa a 27 de julho de 1921 e começou a carreira de atriz amadora no grupo de teatro da Philips. Em 1960 estreou-se em televisão na RTP com  “Fim de Semana em Madrid”, no mesmo canal fez ainda peças como "A Intrusa", "A Castro" (1961) e "Eva e Madalena" (1962).

Morreu Cecília Guimarães, vítima da COVID-19. A atriz tinha 93 anos
Morreu Cecília Guimarães, vítima da COVID-19. A atriz tinha 93 anos
Ver artigo

No pequeno ecrã destacou-se em conteúdos televisivos como "Vila Faia" (1982),  "A Loja do Camilo” (2000),  " Anjo Selvagem" (2002), "Os Batanetes" (2004), "Aqui Não Há Quem Viva" (2006), "Floribella" (2007) e  "Conta-me Como Foi" (2009). Em 2017, a atriz foi reconhecida com o prémio Sophia pela Carreira.

A Casa do Artista está neste momento a enfrentar um surto de covid-19 e perde assim duas residentes no espaço de dois dias. Esta terça-feira, 2, morreu no Hospital de Santa Maria, também infetada, a atriz Cecília Guimarães, que também vivia na Casa do Artista.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.