O estado do tempo vai mudar em Portugal continental durante a semana do Natal e as alterações começarão a sentir-se já a partir da tarde deste domingo, 19 de dezembro, alerta o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), através de um boletim especial.

O tempo vai mudar devido "à aproximação de uma depressão com expressão em altitude". Isso traduzir-se-á numa semana "caracterizada pela ocorrência de precipitação", que poderá fazer-se acompanhar por episódios de trovoada. "A precipitação será, por vezes, forte em diversos períodos ao longo da semana, em especial na terça-feira, 21, havendo, nesse momento, uma probabilidade elevada também para os dias de consoada e de Natal", em todo o continente, diz o IPMA.

Com um quarto Rei Mago ou de pele e osso: um mini roteiro pelos presépios deste Natal
Com um quarto Rei Mago ou de pele e osso: um mini roteiro pelos presépios deste Natal
Ver artigo

Entre 23 e 26 de dezembro, há a possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela. Quanto ao vento, o que o IMPA diz é que será "temporariamente forte no litoral e terras altas", com rajadas capazes de atingir até 80 quilómetros por hora, especialmente a 20 e 21 de dezembro.

Apesar disso, as temperaturas vão manter-se relativamente amenas entre 20 e 26 de dezembro. E embora o vento possa transmitir a sensação de que o tempo estará mais frio, o IPMA garante que as temperaturas estarão entre um a três graus acima dos valores "normais para a época do ano".

A temperatura máxima deverá variar entre os 8 e os 18 graus, enquanto a mínima estará compreendida entre os 6 e os 16 graus. A única exceção assistir-se-á no Norte e Centro, a 20 de dezembro, em que as temperaturas mínimas estarão compreendidas entre os 0 e os 8 graus.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.