Hoje em dia há presépios que cabem até na palma da mão, mas a tradição são grandes presépios para representar a história de quando os três Reis Magos chegaram a Belém, a 6 de janeiro. Juntaram-se à Virgem Maria e a José para admirar o Menino Jesus, nas palha deitado, sempre com o boi e o burro ao lado. Alguns presépios portugueses juntaram mais uns pontos à história ou, para dizer verdade, uma série de acrescentos, dando origem um dos maiores presépios de Portugal: o de Vila Real de Santo António.

8 mercados de Natal para viver a magia da época e comprar presentes locais e sustentáveis
8 mercados de Natal para viver a magia da época e comprar presentes locais e sustentáveis
Ver artigo

Este é um dos mais vistosos, mas outros chamam a atenção dos visitantes pelos detalhes. É o caso do Presépio de Filipe Ferreira, na Marinha Grande, que além de peças nova criadas pelo artesão, tem também algumas em movimento, ou do presépio vivo da Santa Cita - Aldeia Natal.

Os cenários tradicionais vêm sempre acompanhados de animação e produtos locais e muitos deles acontecem na região centro do País. Antes de aí chegar, vamos ao Porto.

Presépio da Igreja de São José das Taipas

Presépio da Igreja de São José das Taipas
Presépio da Igreja de São José das Taipas créditos: facebook

Na Igreja de São José das Taipas, perto do Jardim da Cordoaria, fica aquele que é considerado o presépio mais antigo do Porto. Terá sido criado no século XVIII pela escola de Machado de Castro e é algo fora do comum: tem mais um Rei Mago, de modo a simbolizar o continente americano (há 2000 anos, ainda por descobrir), explicou João Pedro Cunha, curador da igreja à "Evasões", e pode ainda ver-se uma família portuense típica do século XVIII.

Os restantes pormenores da obra de arte, de estilo barroco, são melhor percetíveis ao vivo e pode fazê-lo, de forma gratuita, todos os dias, das 11h às 12h30 e das 15h30 às 17h. Este horário aplica-se a visitas até 6 de janeiro, mas o presépio pode ser visto durante todo o ano, mediante pedido.

Alenquer “Vila Presépio de Portugal”

Alenquer “Vila Presépio de Portugal”
Alenquer “Vila Presépio de Portugal” créditos: instagram

A forma do território e as origens de Alenquer fazem com que seja conhecida há muito tempo como vila presépio. Diz a história sobre os presépios que a tradição terá surgido em 1223, quando São Francisco de Assis decidiu representar o nascimento de Jesus numa floresta da cidade de Greccio, na Itália, para mostrar às pessoas como tudo tinha acontecido. Uma vez que Alenquer recebeu o primeiro convento franciscano no País e tem o primeiro registo de um presépio, em 1569, no Convento de Santa Catarina da Carnota, ficou então conhecida como a vila presépio.

Não pode, por isso, deixar de visitar o Alenquer “Vila Presépio de Portugal” deste ano, que decorre até 30 de dezembro. Até lá, pode marcar uma visita guiada ao presépio monumental de Alenquer e aproveitar para levar as crianças à oficina do Pai Natal, ao carrossel mágico e passar nas barraquinhas do comércio tradicional.

Natal Da Fantasia

Natal Da Fantasia
Natal Da Fantasia créditos: cm-figueirodosvinhos

De 1 a 30 de dezembro, Figueiró dos Vinhos recebe a edição de 2021 do Natal da Fantasia, bem como animação infantil na Casa do Pai Natal, a peça infantil "O Príncipe Nabo", na Casa da Cultura, às 15h de 18 de dezembro, um concerto de Natal a 19 de dezembro e outras atividades.

Contudo, tem até 6 de janeiro para ver a exposição de presépios elaborados pelas Associações do concelho, como os Bombeiros Voluntários e a Universidade Sénior. Vão estar expostos no jardim Municipal e pode já espreitar o que vai poder ver.

Sabugal Presépio – O Maior Presépio Natural

Sabugal Presépio – O Maior Presépio Natural
Sabugal Presépio – O Maior Presépio Natural créditos: facebook

Não é o maior de Portugal, mas é o maior natural. O que é que isto significa? Que no Sabugal, de 7 de dezembro a 9 de janeiro, vai encontrar um presépio feito com troncos de castanheiros, heras e musgos verdadeiros recolhidos no município para compor o cenário que recria o Presépio de Belém e representa cenas bíblicas nos cerca de 1.100 metros quadrados.

O Sabugal Presépio – O Maior Presépio Natural de 2021 vai ainda contar com animação de rua, atuações musicais, uma exposição de sensibilização ambiental intitulada "Estrelas de Natal brilham no Sabugal" e um mercadinho de Natal, com produtos e de artesanato local, junto ao Castelo de Cinco Quinas.

Presépio de Filipe Ferreira

Presépio de Filipe Ferreira
Presépio de Filipe Ferreira créditos: facebook

Este presépio tradicional é também uma tradição na Marinha Grande, que vai já na 21.º edição. O Presépio de Filipe Ferreira tem cerca de 50 metros quadrados e todos os anos traz novidades. Para 2021, Filipe Ferreira preparou novas figuras, novos cenários, novas peças em movimento — tudo de modo a representar a pequena aldeia onde Jesus terá nascido.

O presépio está em exposição no Edifício da Resinagem - Centro Histórico da Marinha Grande até 9 de janeiro de 2022, de terça a domingo das 10h às 13h e das 14h às 18h. A entrada é gratuita.

Santa Cita – Aldeia Natal

Santa Cita - Aldeia Natal 2021
Santa Cita - Aldeia Natal 2021 créditos: facebook

Aponte na agenda: entre 17 e 23 de dezembro, a pequena aldeia de Santa Cita, em Tomar, vai ser tomada pelo espírito de Natal e também por um presépio vivo. Na Santa Cita - Aldeia Natal 2021 haverá uma representação de carne e osso do que terá sido o dia 6 de janeiro e terá lugar no pátio da antiga escola primária nos dias 17, 18 e 19 em várias sessões: das 15h às 17h e das 18h às 21h nos dois primeiros dias e das 15h às 21h no dia 19.

Fora destas horas, pode explorar outras exposições de presépios e o mercado de Natal, assistir ao acender do Madeiro (dia 17h, às 18h) e marcar presença nos espetáculos musicais. O cantor Toy vai ocupar o palco Rudolph a 21 de dezembro, às 21h, e Mónica Sintra no dia 23, às 21h30.

Figurado de Barcelos

Figurado de Barcelos
Figurado de Barcelos créditos: divulgação

Lisboa também tem um presépio tradicional português vistoso e para vê-lo só tem de ir até à rua de S. Nicolau, número 81. É nesta morada que fica o presépio que lembra o que os avós montam em casa, embora neste caso tenho sido composto pelo Figurado de Barcelos — a loja, inaugurada em agosto.

A tradição minhota continua presente e para a época natalícia juntaram-se figuras de barro coloridas, desde o burro às lavadeiras e aldeãos, pousadas sobre musgo. Pode visitar o presépio (ou comprar outro de um dos 18 artesões com criações na loja) todos os dias entre as 10h e as 20h.

Presépio Gigante

Presépio Gigante
Presépio Gigante créditos: facebook

Após mais de 40 dias e 2.500 horas de trabalho, o resultado está à vista: o Presépio Gigante de 2021 já foi inaugurado em Vila Real de Santo António e tem lugar no Centro Cultural António Aleixo. O presépio, que vai na 19.º edição, é composto por 5.600 figuras e carradas de materiais: 20 toneladas de areia, quatro toneladas de pó de pedra, 3 mil quilos de cortiça e centenas de adereços, ocupando assim uma área total de 230 metros quadrados, segundo o município no Facebook.

O cenário vivo, com circulação da água e casas iluminadas, é mais um motivo de atração, ao qual se juntam estruturas da região: é o caso da Praça Marquês de Pombal, as antigas cabanas da praia de Monte Gordo, as salinas e as tradicionais noras algarvias representados no Presépio Gigante.

Pode ser visitado todos os dias até 9 de janeiro entre as 10h e as 13h e as 14h30 e as 19h (com exceção dos dias 24 e 31 dez e 1 de janeiro). A entrada custa 0,50€ dos 3 aos 10 anos e 1€ para maiores de 10 anos.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.