Portugal atravessa mais uma onda de calor, com os termómetros a chegarem aos 42.º este fim de semana a norte do Tejo, mas o cenário vai ser ligeiramente diferente a partir de segunda-feira, 1 de agosto. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê continuação de tempo quente, mas também uma pequena descida da temperatura máxima no litoral oeste.

O calor começou a fazer-se sentir de forma mais acentuada este sábado, 30 de julho, devido a uma a uma rotação do vento para leste, e não vai desaparecer depois do fim de semana, podendo durar até à próxima sexta-feira, 6 de agosto, mas com algumas alterações no estado do tempo.

O calor desidratou-lhe os lábios? 8 bálsamos e batons hidratantes para reverter a situação
O calor desidratou-lhe os lábios? 8 bálsamos e batons hidratantes para reverter a situação
Ver artigo

O primeiro dia de agosto vai continuar com os termómetros altos, a chegar aos 41ºC de máxima em Castelo Branco e a temperatura mínima pode atingir os 22ºC em Viseu. As mínimas são as que mais vão descer a partir de segunda-feira, na região norte e centro, sul e grande Porto, com exceção para a grande Lisboa, zona em que o instituto prevê uma "pequena subida da temperatura máxima".

Previsão do IPMA para segunda-feira, 2 de agosto
Previsão do IPMA para segunda-feira, 2 de agosto créditos: IPMA

Já na terça-feira, 2 de agosto, está prevista uma "pequena descida de temperatura no litoral", mas o restante território continua quente. No entanto, as regiões do interior norte e centro vão refrescar durante a tarde, uma vez que "existe a possibilidade de ocorrência de aguaceiros dispersos acompanhados de trovoada", anuncia o IPMA.

A seca agradece, principalmente porque os aguaceiros repetem-se na quarta-feira, 3, nas mesmas regiões. A meio da semana volta a registar-se uma "pequena descida de temperatura", contudo, a onda de calor permanecerá até sexta-feira, conforme indicado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.