A partir desta quarta-feira, 7 de julho, as temperaturas vão começar a subir de forma gradual em todo o País e espera-se que no sábado, 10, possam atingir os 40.ºC na região do Alentejo. A informação foi dada esta terça-feira, 6, pela meteorologista Patrícia Marques, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), à Lusa, citada pelo jornal "Público".

"Hoje [referindo-se a esta terça-feira, 6], as temperaturas descem em todo o País, mas a partir de amanhã [quarta, 7], começam a subir de forma gradual e de acordo com o que nós temos nos nossos modelos", explica. Na região do Alentejo, o IPMA espera temperaturas na casa dos 40.ºC, "uma situação normal para esta época do ano", garante Marques. Nas capitais do distrito, "espera-se que Évora e Beja cheguem aos 40 e aos 39 graus, respetivamente".

Comporta Kiosk. Aqui encontra toalhas para a praia e poke bowls para comer a qualquer hora
Comporta Kiosk. Aqui encontra toalhas para a praia e poke bowls para comer a qualquer hora
Ver artigo

Este aumento gradual das temperaturas manter-se-á até domingo, 11. Depois disso, as temperaturas vão começar a baixar.

E ainda que o aumento seja sentido em todo o País, o IPMA garante que as regiões de maior calor serão Évora, Beja, Santarém e Castelo Branco que, "por norma, são as regiões mais quentes".

"São valores normais para a época do ano", refere Patrícia Marques, tendo em conta o facto de estarmos no verão. Apesar disso, a especialista diz não estar prevista uma onda de calor nem se poder referir a este aumento gradual das temperaturas como tal.

"Meteorologicamente falando, são precisos mais de cinco dias com temperaturas acima da média [para ser considerada uma onda de calor]. Vamos ter quatro dias e, se calhar, o Alentejo nem chega a estar a acima da média", continua, reforçando que, nesta fase, o calor que se espera para região da Península Ibérica não é pouco comum tendo em conta a estação do ano.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.