Ainda vai a correr buscar o correio na esperança de que, no meio das contas que tem para pagar, esteja a carta de admissão a Hogwarts, a Escola de Magia e Feitiçaria do universo de "Harry Potter"? Não importa que, bem lá fundo, saiba que tal coisa não existe. É que mesmo depois de crescer, todos guardamos um bocadinho da criança que fomos e não há vergonha em admitir que gostaríamos de recordar os mundos fantásticos que em tempos nos fizeram delirar.

A pensar nisso, sugerimos na nossa agenda semanal de coisas para fazer fora de casa, a visita à nova exposição em Lisboa de Harry Potter. Não só vai ter a oportunidade de visitar alguns dos cenários mais icónicos dos filmes, como ainda tem a oportunidade de dar um saltinho à Floresta Proibida e despertar o lado mais aventureiro que há em si.

Indicada para famílias, a exposição que foi um sucesso em várias cidades do mundo está em Portugal até meados de abril e os bilhetes custam entre 6,24€ e 44€. Mas não é a única coisa que pode fazer fora de casa.

8 coisas giras para ver e fazer em Amesterdão
8 coisas giras para ver e fazer em Amesterdão
Ver artigo

Tem ainda a possibilidade de se estender a comprido, literalmente, no Jardim da Quinta das Conchas, em Lisboa, para sessões de ioga ao livre. Ou participar num jantar de viajantes onde Marta Durán, a autora do blogue "Boleias da Marta", vai contar as aventuras pelas quais já passou depois das suas mais de 32 viagens por vários países no mundo.

Mostramos-lhe 5 ideias e sugestões de coisas que pode fazer sozinho durante os próximos dias sozinho ou em família.

1. O festival que valoriza pessoas que sofram de doenças mentais

A exposição inclusiva que celebra a arte de quem sofre de doenças mentais ou deficiências

Chama-se Oeiras Cativ'Arte e regressa, entre 17 e 19 de janeiro, ao Auditório Municipal Eunice Muñoz, em Oeiras, para sensibilizar e consciencializar para as produções artísticas realizadas por pessoas com doenças mentais ou portadoras de deficiências.

O evento resulta de uma parceira entre a Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa e o Centro Nuno Belmar da Costa, que tem como objetivo apresentar 11 espetáculos diferentes de exposições de arte, bem como um documentário. No domingo, 19, pode ainda participar num workshop de dança inclusiva.

O preço do bilhete geral é de 3€.

2. Visite a nova exposição do Oceanário de Lisboa

A exposição está incluído no valor único do bilhete de acesso ao Oceanário de Lisboa

A nova exposição do Oceanário de Lisboa chama-se "ONE" e tem como objetivo mostrar-lhe o "mar como nunca o sentiu". Como? Através de uma instalação de vídeo que promete ter tanto de diferente como de original, promovendo uma experiência única e imersiva. A exposição, que arrancou a 12 de janeiro e que não tem data de término, faz também parte da rota dos eventos de Lisboa como Capital Verde.

A exposição é da autoria de Maya de Almeida Araújo, uma artista portuguesa que expõe pela primeira vez em Portugal depois de viver há 25 anos em Londres.

O acesso à exposição está incluído no valor único do bilhete de entrada para o Oceanário de Lisboa, que custa 19€ para pessoas com idades entre 13 e os 64 anos. Crianças até aos 3 anos não pagam.

3. Espreite a exposição de "Harry Potter" e sonhe com Hogwarts

Aqui vai poder sentir-se um verdadeiro feiticeiro

Se ainda é daqueles que espera ansiosamente pela carta de admissão a Hogwarts, o Colégio de Magia e Feitiçaria do universo da saga de "Harry Potter", esta é só mais uma das oportunidades que tem para se poder sentir um verdadeiro feiticeiro.

Depois de ter sido um sucesso em várias cidades em todo o mundo, a exposição chega a Portugal e permite visitar alguns dos cenários mais conhecidos dos filmes, como a sala comum dos Gryffindor e respetivo dormitório. Mas também vai poder sentir-se um verdadeiro aluno de magia nas salas de Herbologia e Poções ou dar um saltinho à Floresta Proibida. Nesta, pelo menos, não há aranhas. 

Ranking MAGG. Os 10 melhores hotéis de cinco estrelas em Lisboa
Ranking MAGG. Os 10 melhores hotéis de cinco estrelas em Lisboa
Ver artigo

A exposição encontra-se no Pavilhão de Portugal, em Lisboa, e está aberta das 10 às 19 horas de segunda a quinta-feira. Nas sextas-feiras, sábados e domingos, pode visitar entre as 10 horas e as 20h30. Os bilhetes, à venda através da Ticketline, custam entre 6,24€ a 44€.

4. Vá a um jantar de viajantes e conheça as suas histórias

Neste jantar a comida e o tema das viagens andam de mão dada

O próximo Jantar de Viajantes já tem data e hora marcada. Acontece na próxima terça-feira, 21 de janeiro, às 20h30. É aqui que Marta Durán, a autora do blogue "Boleias da Marta", vai contar as aventuras pelas quais já passou depois das suas mais de 32 viagens por vários países no mundo — e nos quais garante já ter apanhado mais de 310 boleias.

Passou por Moçambique, Cabo Verde e Guiné Bissau, e começou a pedir boleias porque se apercebeu  de que era a forma mais económica de se deslocar. Pelo caminho, foi conhecendo pessoas fantásticas que protagonizam algumas das suas histórias que vão ser contadas neste jantar.

O encontro está marcado para o Restaurante Geographia, em Lisboa, e vai ser composto por um menu de canja de ostras, caldo de Mancarra com Bagique e Nhekem e uma aguardente de cana de açúcar. O valor do menu está fixado nos 30€ por pessoa.

5. Liberte-se do stresse em sessões de ioga ao ar livre

Vai poder estender-se ao comprido, literalmente, no Jardim da Quinta das Conchas

Como já tem vindo a ser habitual, o jardim da Quinta das Conchas, em Lisboa, vai voltar a servir para estender os tapetes de ioga e libertar-se do stresse decorrente do trabalho e de outras preocupações diárias.

As sessões vão decorrer este domingo, 19 de janeiro, e são conduzidas por João Genial, o professor especializado na arte de atingir a plenitude através da flexibilidade que vai ganhando à medida que se apaixonado pela prática do ioga. E o melhor de tudo é que as sessões são completamente gratuitas e só não acontecem se chover.

Apareça às 10h30 da manhã e prepare-se para um dia dia livre de preocupações.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.