Há um ano, depois da primeira edição do Revenge of the 90's, André Henriques teve uma espécie de premonição. Ainda com a adrenalina da viagem aos anos 90 da qual tinha acabado de aterrar, olhou para os amigos e disse: “Nós temos show para ir ao Rock in Rio”. Eles riram-se. Mas em outubro o telefone tocou. Era Artur Peixoto, um dos responsáveis pela programação do festival da Bela Vista.

“Eu tinha confiança, mas era uma vontade sonhadora de quem tinha vivido uma experiência incrível", conta à MAGG o DJ e antigo locutor da rádio RFM, no programa “Café da Manhã”.

É isso mesmo. A festa mais badalada de Lisboa — que a 23 de fevereiro reuniu mais de oito mil pessoas na antiga FIL de Lisboa para comemorar o primeiro aniversário, com as participações especiais de Ana Malhoa, Anjos, Santa Maria e a dupla Batatinha e Companhia — vai fazer parte do cartaz da próxima edição do Rock in Rio Lisboa. O espírito dos anos 90 vai invadir o festival a 29 de junho, dia em que atuam os Killers e os Chemical Brothers.

Revenge of the 90s: qual é o segredo da festa mais épica de sempre?
Revenge of the 90s: qual é o segredo da festa mais épica de sempre?
Ver artigo

Das 20 horas às 2 da manhã, o Music Valley — o novo palco do festival dedicado aos artistas portugueses, onde também vão atuar os Capitão Fausto, Carolina Deslandes e os HMB — vai regressar aos anos 90. Apesar de “possíveis mudanças”, o esquema da festa vai ser semelhante ao de sempre: vai haver brindes, os DJ serão os mesmos, bem como os responsáveis por animar o público.

As músicas vão ser da época e vai haver convidados especiais na "viagem", a parte que é sempre a mais intensa do Revenge of the 90’s: “Vamos ter artistas nacionais, mas uma banda internacional convidada”. Como manda o conceito da festa, estes farão lembrar os tempos do grunge e das Spice Girls.

“Queremos transformar o Music Valley e criar uma experiência visual e cénica diferentes. O espaço vai estar completamente diferente do dia anterior”.

A passagem no Rock in Rio não deverá cingir-se às horas ou espaço da atuação e é possível que, ao primeiro passo dentro do recinto, faça uma viagem no tempo: “A nossa vontade é que aconteça no Music Valley, mas que se sinta no resto do festival. Queremos contagiar aquele dia do Rock in Rio com o espírito Revenge.”

O Rock in Rio Lisboa acontece a 23, 24, 29 e 30 de junho. O bilhete diário tem o valor de 69€. Os passes de dois dias custam 117€ — o de 23 e 24 de junho já está esgotado.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.