Se faz parte do grupo de pessoas que adora o aspeto do cabelo saído do cabeleireiro, mas nunca consegue um look tão liso, brilhante e cuidado quanto tenta replicar o resultado em casa — e tão pouco tem paciência para as eternidades que muitas placas demoram a aquecer —, temos boas notícias: a escova de alisamento DAFNI já chegou ao mercado português, e está à venda na Douglas.

O segredo do cabelo liso perfeito e sem frisado de Kate Middleton custa 25€. Saiba qual é
O segredo do cabelo liso perfeito e sem frisado de Kate Middleton custa 25€. Saiba qual é
Ver artigo

Com uma área de superfície sete vezes maior que um alisador de cabelo comum, a Classic Hair Straightening Brush da marca (o modelo mais clássico da DAFNI, como o próprio nome indica) permite-lhe um alisamento mais rápido e simples, dado que graças a esta superfície de modelagem aumentada, pode alisar secções maiores de cabelo de uma só vez. Em termos práticos, pode fazer um alisamento em apenas cinco minutos, sendo indicada para todos os tipos de cabelo.

Mas existem mais vantagens em relação aos alisadores convencionais, dado que a escova consegue esticar o cabelo a 185 graus, mantendo os fios fortes e saudáveis. Esta temperatura também é perfeita para conseguir um efeito de volume no cabelo, e as cerdas externas garantem a redução do frizz. Sem contar que demora menos de um minuto a aquecer, podendo utilizar a escova rapidamente.

Dafni
A escova é um exclusivo online da Douglas.

No entanto, há cuidados a ter: só deve utilizar a escova da DAFNI com o cabelo previamento seco (e seco mesmo, não basta húmido) e bem desembaraçado, para que a escova alisadora passe entre os fios sem problemas.

A Classic Hair Straightening Brush da DAFNI está à venda em exclusivo na Douglas, mas apenas online (não vai encontrar este produto nas lojas físicas). Tem um valor de 145€ mas, atualmente, está disponível por 108,75€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.