Entre limpar a pele, tirar a maquilhagem ou apenas aplicar um tónico ou uma água refrescante no rosto, já fez contas à quantidade de discos de algodão que gasta todos os dias? Pode não saber exatamente o número mas, a nível mundial e por ano, 87 mil milhões de discos são usados e deitados fora a seguir a uma utilização única, o que representa um desperdício atroz de algodão, água e energia, sem esquecer o forte impacto destes números na poluição do planeta.

[PH]ACT. A marca de cuidados de beleza sólidos e sustentáveis que nasceu no confinamento
[PH]ACT. A marca de cuidados de beleza sólidos e sustentáveis que nasceu no confinamento
Ver artigo

E é agora que está a pensar: "Pois, mas vou usar o quê? Não gosto dos panos reutilizáveis, demoram eternidades a secar e ficam nojentos a seguir a tirar a maquilhagem". Se é exatamente este o pensamento que lhe ocorre de cada vez que que houve falar em produtos reutilizáveis, temos uma boa notícia. A Last Object, empresa especializada em produtos zero waste, acabou de lançar o Last Round, um produto que une o melhor dos discos de algodão ao cuidado da pele e à atenção pelo desperdício.

E o que é exatamente o Last Round? No interior de um pequeno dispensador, encontra sete discos reutilizáveis para a sua rotina de skincare e maquilhagem, que surgem no mercado para fazer frente aos discos únicos. Produzidos a partir de materiais 100% renováveis e biodegradáveis (com 70% de fibras de madeira e 30% de algodão orgânico), a textura destes discos assemelha-se muito à dos discos tradicionais, afastando-se assim dos outros produtos reutilizáveis, de tecido, que nem sempre agradam aos consumidores.

Last Round
Os dispensadores existem em três cores — turquesa, verde e laranja.

Aliás, uma das fundadoras da Last Object, Isabel Aagaard, explicou, a propósito deste novo lançamento, que a marca demorou um ano a conseguir chegar ao Last Round, justamente "para obter a textura do algodão que as pessoas já conhecem" — ou não fosse a missão da marca promover um estilo de vida mais verde e sustentável através de mudanças fáceis nos hábitos dos consumidores, para que estes "parem de poluir o planeta sem mudar as rotinas", salientou Isabel.

O Last Round chega com sete discos, um para cada dia da semana, que podem ser usados para retirar produtos de maquilhagem (incluíndo batons e bases de longa duração), aplicar cremes, máscaras e outros produtos de skincare, ou apenas para lavar o rosto. Antes de os usar, deve molhá-los com água para conseguir obter a textura de discos que já conhece, dado que secos são bastante mais rígidos. No entanto, se os for usar com produtos líquidos (como as águas micelares, por exemplo), pode aproveitar para os molhar diretamente. As duas faces dos discos são diferentes, com um lado mais indicado para remover a maquilhagem, e outro para aplicar produtos como máscaras ou esfoliantes.

A seguir à utilização, basta que passe o disco por água e sabão, espremer para retirar o excesso, deixar secar ao ar e voltar a arrumar no dispensador, em último lugar. Pontualmente (uma vez por mês, por exemplo), pode colocar os discos na máquina de lavar para uma limpeza mais profunda.

Um Last Round, garante a marca, substituirá 1000 discos de algodão de utilização única (ou até mais, se for cuidadoso com os discos), o que corresponde a 250 utilizações para cada um. Aliás, o objetivo de todos os produtos da Last Object é que durem largos anos ou até uma vida, conforme os cuidados de manutenção. Em breve, afirma a marca, vão ser colocados no mercado apenas os discos do Last Round, um refill para que não tenha de adquirir também o dispensador (feito a partir de plástico recolhido dos oceanos) se só pretende substituir os discos.

O Last Round existe em três cores —turquesa, verde e laranja — e está disponível para venda em farmácias, parafarmácias e online, no site da Vital Mais (o revendedor oficial da marca em Portugal) por 11,95€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.