Uma semana depois do acidente de viação que provocou, Anne Heche não resistiu aos ferimentos. A atriz norte-americana de 53 anos embateu o carro, um Mini Cooper azul, contra um complexo de apartamentos, em Los Angeles, a 5 de agosto. A viatura incendiou-se e a atriz ficou com queimaduras e danos nos pulmões.

No hospital ficou em morte cerebral e em "estado crítico". A família já tinha esclarecido que não esperava que Heche sobrevivesse. "Há muito tempo que é sua escolha doar os seus órgãos e ela está a ser mantida em suporte de vida para determinar se algum é viável", tinham dito, em comunicado.

Exames mostram que Anne Heche consumiu cocaína antes do acidente. Atriz não deverá sobreviver
Exames mostram que Anne Heche consumiu cocaína antes do acidente. Atriz não deverá sobreviver
Ver artigo

Foi também a família quem avançou a morte da atriz, aos 53 anos, depois de ter sido desligada a máquina de suporte de vida. Anne Heche deixa dois filhos.

Os exames feitos ao sangue da artista revelaram que estava a conduzir sob o efeito de drogas, mais precisamente cocaína e fentanil (opioide), tal como avançou o "TMZ".

A atriz tornou-se conhecida no cinema por participar em filmes como "Donnie Brasco" (1997), "6 Dias, 7 Noites" (1998) e "13 Minutos" (2021).

Nos anos 90, manteve um relacionamento amoroso de três anos com a apresentadora Ellen DeGeneres, que já reagiu à morte da ex-namorada: "Este é um dia triste. Envio todo o meu amor para os filhos, familiares e amigos da Anne", escreveu no Instagram.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.