Carolina Deslandes foi convidada de Mariana Cabral, também conhecida como Bumba na Fofinha, no podcast "Reset". A cantora aproveitou para revelar os motivos da separação de Diogo Clemente, explicando quais foram as suas "falhas" para que a relação não tivesse funcionado.

Carolina Deslandes apela a que violação se torne crime público. "Isto é uma missão de todos"
Carolina Deslandes apela a que violação se torne crime público. "Isto é uma missão de todos"
Ver artigo

A artista começou por referir que o principal motivo da separação foi o excesso de trabalho que tinha em mãos na altura, não escondendo a sua "culpa". "Muitas vezes, o assunto era sempre eu. Era a pessoa da casa que estava em altas. Não lhe dei a atenção que devia ter dado", conta sobre o relacionamento que terminou em setembro de 2020.

Acrescenta também que deu pouco "espaço para existir" ao ex-companheiro, fazendo com que se sentisse pouco "apreciado". Para além disso, Carolina também revela que foi uma pessoa muito "exigente" na relação, apesar de dizer estar a tentar mudar essa sua caraterística.

Mas há mais motivos que explicam o fim do casal. "Vinha do trabalho e não tinha paciência para muitas coisas, não tinha saco para as coisas dele... a misturar com um corpo com o qual deixei de me sentir confortável", frisou a cantora, que nunca escondeu os problemas com o excesso de peso.

Mariana Cabral questionou ainda Carolina sobre se está "em paz" com a forma como a relação terminou, com a cantora a admitir que ainda está a aprender a lidar com a situação. "Acho que esse foi o maior falhanço da minha vida. Fiz uma canção a dizer que o amor era para a vida toda, quatro anos depois separei-me", afirmou.

Carolina Deslandes é mãe de três filhos, Santiago, de 4 anos, Benjamin, de 3, e Guilherme, de 2, todos fruto da relação que manteve durante cinco anos com Diogo Clemente.

Veja aqui o vídeo.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.