Cláudio Ramos trocou a SIC pela TVI para assumir a condução do reality show da estação de Queluz de Baixo "Big Brother - 2020". A 2 de agosto, o apresentador despediu-se do programa, passando a pasta a Teresa Guilherme, e desde então a sua presença no pequeno ecrã tem sido rara, o que tem gerado vários comentários.

Recentemente, Cláudio Ramos passou a fazer parte do grupo de apresentadores do programa das tardes de domingo da TVI "Somos Portugal" e foram várias as críticas de quem não o esperava ver neste formato.

"Este formato não 'é para o Cláudio que deixou a SIC" ou "é descer de cavalo para burro!'", foram algumas das afirmações divulgadas pelo próprio apresentador.

Esta terça-feira, 3 de novembro, Cláudio Ramos fez questão de responder a todas essas críticas e de deixar bem clara a sua posição.

Através de um texto que publicou no seu blogue "Eu, Cláudio", o apresentador começa por esclarecer: "Devo dizer que desde que acabou a minha edição do Big Brother, todos os dias recebo centenas (não estou a exagerar) centenas de mensagens de seguidores, espectadores, pessoas que apreciam o meu trabalho e as quais agradeço, respeito mas com muitas não concordo e explico: televisão é televisão. E para mim, só há dois tipos de televisão: a boa e a má. O 'Somos Portugal' é um programa, aos meus olhos, tão merecedor de me ter ali como foi o Big Brother ou qualquer outro formato com o que me identifique."

Somos Portugal
Parte da equipa do "Somos Portugal" créditos: somosportugall/Instagram

O apresentador acrescenta que se sente muito "satisfeito" por fazer parte do programa. "Não gosto por isso que alguém sequer pense que o faço porque não tenho mais nada para fazer", frisa.

Cláudio Ramos e Teresa Guilherme vão apresentar "Big Brother - Duplo Impacto"
Cláudio Ramos e Teresa Guilherme vão apresentar "Big Brother - Duplo Impacto"
Ver artigo

"Quando a televisão é feita de verdade nota-se nos olhos de quem a faz e sente-se no encanto de quem a recebe, por isso, todas as vezes que fiz o programa recebi muitas manifestações de alegria. Sou energia da boa, porque é essa energia que quero passar às pessoas. Eu canto, mal mas canto. Eu danço, mal mas danço. Eu fui acolhido pela equipa como se fosse um deles há muito tempo e sem dar por ela a tarde passa rápido e eu chego a casa cansado mas feliz.", afirma Cláudio Ramos.

"Fazer parte do leque de apresentadores que fazem a história do domingo à tarde na TVI não só me deixa orgulhoso como me engrandece como pessoa, porque importante, importante, importante para quem faz televisão por coração e não por vaidade, é chegar à casa de quem a vê porque precisa dela… isso é que importa. O ‘Somos ‘ é um belíssimo formato com belíssimos profissionais. E eu estou na equipa sempre que entenderem que devo estar! Era isto que queria deixar claro.", remata o apresentador.

Recorde-se de que no passado dia 21 de outubro, durante mais uma edição de "Dia de Cristina", foi relevado que Cláudio Ramos irá estar ao lado de Teresa Guilherme para apresentar "Big Brother - Duplo Impacto" que arranca em 2021, com ex-concorrentes de "BB2020" e também de "Big Brother - A Revolução".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.