A ex-apresentadora de televisão Ana Lúcia Matos foi detida esta terça-feira, 29 de novembro, juntamente com o marido e mais 12 outros arguidos. Estas detenções são fruto da operação Admiral, a maior investigação europeia de fuga ao fisco, com um valor global de faturação de 2,2 mil milhões de euros.

Aos 36 anos, e afastada da televisão desde 2018, depois de ter passado pela TVI, CMTV e BTV, a apresentadora nunca escondeu das redes sociais a vida de luxo que levava. Dubai, Paris e Lisboa são alguns dos locais entre os quais o seu quotidiano se dividia, aos quais se juntavam destinos exóticos como Bali, Maldivas, Capri e Mykonos para passar férias. Sempre em hotéis de luxo, sempre cheia de roupas caras.

Aquando da detenção, os seguidores de Ana Lúcia Matos não foram brandos nas suas redes sociais. A última fotografia publicada, em que a ex-apresentadora aparece de biquini, numa praia do Dubai, encheu-se de críticas – umas de cunho humorístico, outras que eram do mais feroz que poderiam ser.

"Lisbon, Paris, Dubai, Matosinhos, Tires", escreveu João Madureira, ao brincar com as localizações que a apresentadora tem na sua página de Instagram. "Faz um unbox da pulseira eletrónica da Prada", disse Ricardo Pereira, outro dos utilizadores a comentar a publicação. "Para quando uma live diretamente dos calabouços?", questionou Pedro Graça.

"Vais usar saltos da Gucci para lá das grades?", "Vê lá se a Prada também tem coleção de fatos de prisão" e "Próximo destino paradisíaco... Tires" são mais alguns dos comentários que zombavam do estilo de vida de Ana Lúcia Matos – e a estes juntam-se os mais implacáveis.

"Só trafulhices, agora vais de saco para abrires a pestana", escreveu Pedro Soares. "Quem tudo quer tudo perde... só tenho pena que a PJ só prenda os peixinhos...", comentou Mafalda Cristina. "Agora vão enganar os reclusos", apontou Rui Fernandes, acrescentando: "O pior é que temos de lhes pagar a sopa na prisão".

Dubai, Paris, Maldivas. A vida de luxo de Ana Lúcia Matos antes da detenção por fraude fiscal
Dubai, Paris, Maldivas. A vida de luxo de Ana Lúcia Matos antes da detenção por fraude fiscal
Ver artigo

Ainda assim, houve quem decidisse não destilar ódio e deixar o veredito final para quem é de direito. "Que gentinha tão triste! Comentários inúteis! Julgamento em praça pública! Ela nem sequer foi julgada!", comentou Maria Duarte, uma das seguidoras. "Quem julga são os juízes! Cuidado com os telhados de vidro", lembrou Liz Reis.

Quanto ao círculo íntimo de Ana Lúcia Matos, houve um comentário de apoio a ganhar destaque – foi o de Rita Monteiro, jornalista e mulher do diretor-geral da CNN Portugal, Nuno Santos. "Adoro-te, amiga", escreveu a jornalista da CMTV, complementando as suas palavras com um emoji de coração.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.