A atriz Jennifer Aniston, de 52 anos, deixou de se dar com pessoas que não acreditam nas vacinas e que se recuaram mesmo a ser vacinadas. A revelação foi feita numa entrevista à revista "InStyle", publicada na terça-feira, 3 de agosto. Afinal, a atriz de "Friends" não trava amizades com qualquer um e aqueles que eram do seu círculo próximo de amigos e não quiseram vacinar-se, acabaram por ficar de fora.

"Cortei relações com algumas pessoas da minha rotina semanal, que se recusaram a tomar a vacina ou nem revelaram se a tomaram ou não", afirmou na entrevista para a revista da qual é capa na edição de setembro.

Jennifer Aniston fala mesmo em "vergonha" sobre o facto de haver "um grupo grande de pessoas que são anti-vacinas ou não ouvem os factos". A atriz mostra que respeita outras opiniões, mas não tolera quando não correspondem à verdade. "É complicado, porque toda a gente tem direito à sua opinião, mas muitas opiniões não são baseadas em mais nada do que medo e propaganda".

Vimos "Friends: The Reunion" e a conclusão é: ó meu Deus, estamos velhos
Vimos "Friends: The Reunion" e a conclusão é: ó meu Deus, estamos velhos
Ver artigo

As declarações para a "InStyle" saltaram para as redes sociais e acabaram por escalar na caixa de comentários, na qual a atriz foi criticada. "Aniston, guarde os comentários sobre a vacina para si. Ninguém quer saber aquilo em que acredita. Deixe as pessoas tomarem as suas próprias decisões", disse um dos seguidores e outra também criticou, conforme foi partilhado por Jennifer nas histórias de Instagram..

"Mas se [a Jennifer] está vacinada, está protegida, correto? Porquê preocupar-se com quem não está vacinado à sua volta?", questionou uma utilizadora da rede social que não ficou sem resposta. "Posso ficar ligeiramente doente e não vou ser internada no hospital ou morrer. Mas posso passar a alguém que não tem a vacina e com a saúde debilitada (ou que tem uma condição preexistente) ─ como consequência, estaria a pôr as suas vidas em risco", justificou.

Não é a primeira vez que a atriz tenta usar a voz para levar mais pessoas a protegerem-se contra o vírus que provoca a COVID-19, também no ano passado tinha incentivado os mais de 37 mil seguidores a usarem máscara através de uma publicação e noutra, mais chocante, com a fotografia de um amigo internado com COVID-19, tentou consciencializar a comunidade para a doença que atinge milhares de pessoas em todo o mundo.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.