Oliver, filho de Jéssica Athayde e Diogo Amaral, está doente e já fez o teste à COVID-19. O resultado, já conhecido, deu negativo, conforme revelado pela mãe este domingo, 9 de agosto, através do Instagram. Além de contar o que aconteceu, respondeu às críticas que recebeu depois de uma publicação feita este sábado, 9 de agosto, na qual escreve: "Ai filhos! Que merda de sábado".

Perante a descrição dessa fotografia, várias pessoas encheram a caixa de mensagens da atriz com críticas, situação que deixa Jéssica revoltada: "Agora isto de não se poder dizer nada, seja para o bom ou para mau é só estúpido. As pessoas gostam de interpretar da pior forma e tentam fazer-te sentir um monstro, não existe sentido de humor, nem o mínimo de compaixão", diz.

Ainda assim, a mãe de Oliver, ou Oli como gosta de lhe chamar, decidiu explicar o que aconteceu para escrever aquela descrição. "O meu sábado foi uma merda porque o Oli está doente. Esteve nas urgências e levou com um cotonete pelas duas narinas e garganta para fazer o teste COVID-19 (está negativo), entre vários exames que teve de fazer para tentar justificar a febre tão alta que tinha", conta Jéssica Athayde.

Revela ainda que tem permanecido em casa com o filho que, "graças a todos os santinhos de todas as religiões", diz, está a melhorar, e nunca antes tinha passado por uma situação semelhante. "Para muitas mães isto parece ridículo, mas é a minha primeira vez com ele assim tãooooo doente", conta.

A atriz termina ressalvando o mais importante: "O Oli está a melhorar".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.