O Megxit entrou em curso a 8 de janeiro, dando início às mudanças do casal Harry e Meghan Markle do Reino Unido para o Canadá, conforme foi permitido pela rainha Isabel II depois de uma reunião, a 13 de janeiro, com os dois netos, Harry e William, e o filho, príncipe Carlos.

Os duques de Sussex podem ter abdicado dos títulos reais, mas nem por isso deixam de ter uma nova casa digna de príncipe e princesa. Os duques mudaram-se para o Canadá, mais precisamente para a ilha Vancouver, no final de 2019, e por agora vão andar frequentemente entre continentes —  pelo menos durante o período de transição, tal como estabelecido pela rainha. Sempre que voltarem ao Reino Unido, não ficam no Palácio de Buckingham, mas sim na Casa Frogmore, em Windsor, conforme revela a "House Beautiful".

Duques de Sussex têm permissão da rainha para viver no Canadá
Duques de Sussex têm permissão da rainha para viver no Canadá
Ver artigo

Quanto à nova casa, onde vive Harry, Meghan e Archie, o filho de 9 meses, tem cerca de 900 metros quadrados — suficiente para três, pelo menos enquanto a família não crescer — e custou 12,9 milhões de euros. Preço que, como revela o site "PureWow", abrange a lareira francesa do século XVII, a sala de degustação de vinhos, os vários quartos e casas de banho, e a praia que fica mesmo ao lado. Não faltam também quartos de hóspedes, que são úteis para várias ocasiões, tal como sempre que a mãe de Meghan dá uma ajuda ao casal com Archie.

A mansão está também adaptada para fugir aos paparazzi, a principal razão do afastamento dos duques de Sussex da família real. De acordo com o jornal "Mirror", a casa é conhecida como Mille Fleurs e pertencia a um empresário russo.

Veja as imagens da nova casa de Harry e Meghan Markle.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.