Modelo, apresentadora e uma apaixonada por praias, não fosse Jani Gabriel natural de Vila Real de Santo António, Faro. No entanto, a agitação de Lisboa conquistou a apresentadora logo quando foi estudar para a faculdade. Vive na capital portuguesa desde 2013.

Jani Gabriel ficou conhecida do público quando venceu um concurso de modelos, em 2005, mas foi na televisão que os portugueses a conheceram melhor. Um dos seus primeiros trabalhos foi em 2015, no "Sociedade Recreativa", um magazine semanal da RTP1.

De seguida, foi repórter do "The Voice Portugal" e, em 2017, também foi um dos rostos da estação pública a viajar pelo mundo e a aprender vários estilos de dança, no "Danças do Mundo".

Em 2018, rumou à SIC para se juntar às apresentadoras que conduzem o "Fama Show" e mostrar aos telespetadores aquilo que de melhor se passa no mundo do espetáculo e dos famosos. Mesmo no meio da agitação que é um programa de televisão, Jani encontrou tempo para falar com a MAGG a propósito da terra que a viu nascer.

"Tenho muitas saudades da família, dos amigos que ainda lá estão e acabaram por construir família e vida lá"

"Tenho muitas saudades da família, dos amigos que ainda lá estão e acabaram por construir família e vida lá", começa por dizer. "Da comida nem se fala! Às vezes, tenho saudades de certos cozinhados da minha mãe ou de algumas iguarias que só encontro em Vila Real de Santo António", frisa.

Jani mantém uma relação com o também ator Rui Porto Nunes e revelou que comenta muitas vezes com o companheiro sobre as saudades de casa. “Se não fossem 300 km de distância íamos lá jantar e voltávamos”, confidenciou. O que é certo é que a apresentadora da estação de Paço de Arcos regressa sempre que pode ao Algarve para estar com os seus e ir a banhos.

O QUE FAZER NO ALGARVE EM SETEMBRO

Na hora de escolher o que fazer no Algarve, Jani não teve dúvidas. Começou por recomendar uma ida ao Alambique, na Quinta do Lago, e experimentar o crepe de camarão para entrada, o favorito da apresentadora, bem como a sangria. Para prato principal, a carta é bastante recheada e nenhuma iguaria desilude.

Se for com tempo, num fim de semana prolongado, Jani vai sempre à Cacela Velha, um dos melhores sítios para fazer praia à tarde. "É ali que recarrego as minhas baterias", frisa.

Para jantar, a modelo considera O Pescador, na Marina de Vila Real de Santo António, como paragem obrigatória: "é aqui que faço sempre uma paragem durante a minha estadia na cidade e onde como o melhor arroz de lingueirão", disse.

O ideal é reservar um dia inteiro para passear, logo pela manhã, na zona da igreja de Vila Real de Santo António. "Depois, seguir para a Praia da Fábrica a pé ou de barco e passarem lá o dia", sugere. Convém "levar chapéu de sol ou para quem prefere alugar já existe concessão de praia vigiada e com apoio de Mini bar".

No regresso da praia, Jani vai sempre ao "petisco de conquilhas, amêijoas e ostras nos restaurantes perto do cais". Ou então opta por sushi: "O Yakuza By Olivier, em Albufeira, é o único sítio onde mato saudades de sushi e comida japonesa quando estou no Algarve".

A quarentena de... Jani Gabriel. "Sento-me no sofá a devorar pacotes de batatas fritas"
A quarentena de... Jani Gabriel. "Sento-me no sofá a devorar pacotes de batatas fritas"
Ver artigo

Enquanto sugere o que fazer no Algarve, Jani Gabriel recorda algumas memórias que passou na terra que a viu nascer. "No verão, existe um mercado de artesanato na Praça Marquês de Pombal e tenho memórias super giras dessas noites ali passadas. Fazíamos centenas de peças durante a semana para depois expor todas as quintas-feiras e era um sucesso", revela.

"Bem perto do centro de Vila Real de Santo António vivia a minha avó paterna e foram muitas as horas passadas com ela, sentadas à porta de casa a conversar e a brincar com os vizinhos daquela rua", conta o rosto da SIC à MAGG. "Todos os dias depois de jantar os vizinhos traziam cadeiras e bancos para a rua e sentavam-se a conviver".

Por isso, Jani confessa que por vezes sente-se triste quando descrevem o Algarve como "uma região confusa, com muita gente e mau serviço". "Nem sempre é assim e costumo dizer que 'no meu cantinho' é bem diferente e, sim, é possível encontrar uma praia deserta em pleno verão com espaço para estender a toalha à vontade".

A apresentadora não quis terminar sem deixar de elogiar as aldeias, vilas e cidades portuguesas, deixando um alerta para que os viajantes descubram o País e o que de melhor se faz por cá e, em especial, no Algarve.

Percorra a galeria para ver as fotos de Jani Gabriel.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.