John Depp e Amber Heard estão no meio de uma batalha de divórcio em que as críticas de parte a parte se fazem sentir. A relação terá acabado devido a comportamentos agressivos de parte a parte mas agora vêm a público notícias de que o ator de 57 anos terá traído Amber Heard com Angelina Jolie, avança a revista “Star”.

Apesar de não revelar quando é que a relação entre os dois atores começou, a publicação avança que a traição terá sido também outro motivo que levou à separação do agora ex-casal. Mas os rumores não terminam aqui. Também foi noticiado que, em 2017, um ano depois de se ter divorciado de Brad Pitt, Angelina Jolie terá usado Johny Depp para fazer ciúmes ao ex-marido. A mesma revista avança que os dois se terão mesmo envolvido nesse altura também.

Kanye West ameaça revelar segredos da família Kardashian e "mostrar a verdade ao mundo"
Kanye West ameaça revelar segredos da família Kardashian e "mostrar a verdade ao mundo"
Ver artigo

Estes rumores de um affair entre os dois amigos não são novos. Já em 2010, enquanto gravavam o filme “O Turista”, se suspeitou de um romance. Na altura, Depp ainda estava casado com a atriz francesa Vanessa Paradis e especulou-se que a artista sabia que o marido estava envolvido com a mulher de Pitt. Depp e Paradis divorciaram-se dois anos depois, em 2012, e escreveu-se que o afastamento entre os dois poderá ter começado depois de notícias sobre traição.

Em nenhuma das vezes o romance entre Johny e Angelina foi confirmado, mas especula-se que os dois continuem a ser grandes amigos. Foi aliás avançado que Jolie estaria a aconselhar o amigo no que toca ao divórcio. A atriz terá alegadamente expressado a sua preocupação com a fortuna de Deep, que poderá reduzir significativamente após o divórcio.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.