Apesar de parecer que não têm nada em comum existem pelo menos duas coisas que unem Kate Middleton e Meghan Markle. A primeira é fácil: casaram com irmãos, são cunhadas. A segunda são as joias que usaram nos respetivos casamentos. A mulher de William usou a tiara Cartier Halo, com diamantes e pérolas. A ex-atriz optou pela tiara de diamantes Bandeau que pertenceu à rainha Mary. Ambas as joias foram emprestadas pela rainha Isabel II.

Se ainda não se tinha apercebido, estas duas tiaras são apenas uma pequena percentagem de joias que pertencem à rainha de Inglaterra. Entre tiaras, alfinetes, brincos ou colares com pedras preciosas, Isabel II tem uma vasta lista de acessórios preciosos e não deixa de emprestar à família. Os eventos mais comuns são casamentos ou celebrações, mas não são raras as vezes que estas joias brilhantes saem dos cofres quando existem cerimónias oficiais.

A camisola verde da rainha Isabel II foi o melhor que podia ter acontecido aos photoshoppers: estes 35 memes são hilariantes
A camisola verde da rainha Isabel II foi o melhor que podia ter acontecido aos photoshoppers: estes 35 memes são hilariantes
Ver artigo

Já sabemos que a coleção é inestimável. Mas a questão que se coloca é: quem vai herdar a vasta coleção de joias da rainha? A resposta não será assim tão fácil. Primeiro há que perceber que existem dois tipos de joias: aqueles que são efetivamente da rainha e outras que são do Estado e são chamadas as “joias reais”.

As primeiras serão certamente herdadas por Kate Middleton, já que se encontra numa posição de ser rainha. Por serem da coleção privada de Isabel II é provável que também sejam distribuídas pela filha, nora, netas e até por Meghan Markle – ainda que tenha abdicado dos deveres reais no início do ano.

Pelo contrário, as joias da coroa não serão dadas a ninguém. Porquê? Porque elas não pertencem à rainha mas antes ao soberano que reina na altura. Assim sendo, “acessórios usados em cerimónias de Estado”, como coroas, “são propriedade do soberano”, explica Ella Kay, uma especialista em coroas reais e criadora do site “The Court Jeweller”.

Ainda assim, não deve haver razões para alarme já que a maior parte das joias que a rainha tem serão da sua coleção pessoal. “Diria que a maioria das joias que tem são da sua coleção pessoal”, continua Kay. “Isso inclui tudo, desde brincos de pérola, que usa diariamente, até à sua coleção de alfinetes e tiraras, bem como as joias que herdou da rainha Mary e da rainha mãe”.

Recorde algumas das joias que a rainha Isabel II tem usado ao longo dos anos.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.